Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/982927
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroindústria de Alimentos - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Date Issued: 2014
Type of Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Authors: CASTRO, I. M. de
TEIXEIRA, A. da S.
FREITAS, R. C. de
NASCIMENTO, R. de S.
SOUZA, M. de L. M. de
Additional Information: IZABELA MIRANDA DE CASTRO, CTAA; ALESSANDRA DA SILVA TEIXEIRA, CTAA; RODRIGO CABRAL DE FREITAS, BOLSISTA DTI-CNPq; RYAN DE SOUZA NASCIMENTO, UFRRJ; MARIA DE LOURDES MENDES DE SOUZA, CTAA.
Title: Contaminante em vinho: análise de ocratoxina A por cromatografia líquida de ultraeficiência e espectrometria de massas sequencial (UPLC®-MS/MS).
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Agroindústria de Alimentos, 2014.
Series/Report no.: (Embrapa Agroindústria de Alimentos. Comunicado técnico, 201).
Language: pt_BR
Keywords: Ocratoxina A
Cromatografia Líquida de Ultraeficiência e Espectrometria de Massas Sequencial (CLUE/EM/EM).
Description: A ocratoxina A (OTA) é uma micotoxina carcinogênica e mutagênica que pode ser encontrada em uvas e vinho principalmente quando contaminados com Aspergillus carbonarius. A incidência de ocratoxina A nas amostras de vinho foi verificada usando uma metodologia baseada no método AOAC Official Method 2001.01, com quantificação por Cromatografia Líquida de Ultraeficiência CLUE/EM/EM. Dentre as 25 amostras de vinho avaliadas, a concentração média de OTA foi de 0,115 µg/kg e variaram na faixa de 0,059 - 0,455 µg/kg, todas estão abaixo do limite máximo tolerado recomendado pela legislação brasileira vigente (2 µg/kg para ocratoxina A em vinho).
Thesagro: Vinho
Ocratoxina
Cromatografia
Espectrometria
Micotoxina.
Data Documento: 2014-03-20
ISSN: 0103-5231
Appears in Collections:Comunicado Técnico (CTAA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014CTec201Contaminanteemvinho.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace