Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/958253
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorRODRIGUES, B. H. N.por
dc.contributor.authorANDRADE, A. C.por
dc.contributor.authorMAGALHAES, J. A.por
dc.contributor.authorBASTOS, E. A.por
dc.contributor.authorSANTOS, F. J. de S.por
dc.contributor.otherBRAZ HENRIQUE NUNES RODRIGUES, CPAMN; ALEX CARVALHO ANDRADE, UESPI; JOAO AVELAR MAGALHAES, CPAMN; EDSON ALVES BASTOS, CPAMN; FRANCISCO JOSE DE SEIXAS SANTOS, CPAMN.por
dc.date.accessioned2013-05-17T11:11:11Zpor
dc.date.available2013-05-17T11:11:11Zpor
dc.date.created2013-05-17por
dc.date.issued2011por
dc.identifier.issn1413-1455por
dc.identifier.other28833por
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/958253por
dc.descriptionO sistema de produção de leite a pasto irrigado tem se tornado uma alternativa de produção viável e de alta rentabilidade. Entretanto, é necessário, entre outros fatores, o conhecimento da demanda hídrica da forrageira. Com esse propósito, realizou-se este trabalho, objetivando-se determinar a evapotranspiração e os valores de Kc do capim-tanzânia até 35 dias de crescimento, em dois cortes sucessivos, para subsidiar o manejo de irrigação em seu cultivo nas condições de solo e clima dos tabuleiros litorâneos do Piauí. O experimento foi conduzido em uma área experimental de 1,1 hectare da Embrapa Meio-Norte, localizada em Parnaíba, PI, durante os anos de 2008 e 2009. Utilizaram-se dois lisímetros de pesagem medindo 1,5 m x 1,5 m de largura e comprimento por 1,0 m de profundidade para se determinar a evapotranspiração da cultura. A irrigação foi realizada por aspersores com vazão de 0,630 m3 h-1 e linhas laterais espaçadas em 12 m x 12 m. A evapotranspiração de referência foi estimada com base na equação de Penman-Monteith a partir dos dados climáticos obtidos em uma estação agrometeorológica automatizada. A média da evapotranspiração máxima do capim-tanzânia nos dois anos foi de 7,75 mm dia-1. Considerando-se o intervalo de corte de 35 dias, os valores de Kc recomendados para o primeiro ano do capim são: 0,5 (1 a 3 dias após o corte); 0,7 (4 a 6 dias após o corte); 1,0 (7 a 10 dias após o corte); 1,2 (11 a 16 dias após o corte); 1,4 (17 a 23 dias após o corte); 1,3 (24 a 30 dias após o corte); 1,1 (31 a 35 dias após o corte). A partir do segundo ano de condução da cultura, os valores de Kc são: 0,6 (1 a 3 dias após o corte); 0,9 (4 a 6 dias após o corte); 1,1 (7 a 10 dias após o corte); 1,3 (11 a 16 dias após o corte); 1,5 (17 a 23 dias após o corte); 1,4 (24 a 30 dias após o corte); 1,3 (31 a 35 dias após o corte).por
dc.description.uribitstream/item/82987/1/Boletim-98-Evapotranspiracao.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherTeresina: Embrapa Meio-Norte, 2011.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Meio-Norte - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Meio-Norte. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 98).por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectConsumo hídricopor
dc.subjectManejo de irrigaçãopor
dc.titleEvapotranspiração e coeficiente de cultura do Capim-Tanzânia.por
dc.typeBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.date.updated2013-05-17T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroManejo de águapor
dc.subject.thesagroLisímetropor
dc.subject.thesagroPanicum maximumpor
dc.format.extent223 p.por
dc.ainfo.id958253por
dc.ainfo.lastupdate2013-05-17por
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Boletim98Evapotranspiracao.pdf169,61 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace