Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/623412
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrobiologia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2007
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: ALVES, B. J. R.
URQUIAGA, S.
BODDEY, R. M.
JANTALIA, C. P.
Additional Information: Bruno José Rodrigues Alves, Embrapa Agrobiologia; Segundo Urquiaga, Embrapa Agrobiologia; Robert Michael Boddey, Embrapa Agrobiologia; Claudia Pozzi Jantalia, Embrapa Agrobiologia.
Title: Estimativa da difusividade de N2O no solo pela Lei de Fick utilizando os dados de fluxo e perfil de concentração de CO2 no solo.
Publisher: Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2007.
Pages: 21 p.
Series/Report no.: (Embrapa Agrobiologia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 25).
Language: pt_BR
Description: Fluxo a partir da câmara estática fechada e amostragem de gases do perfil do solo; Estimativa da difusividade; Cálculo do fluxo e produção de N2O pela técnica de concentração no perfil do solo; Análises estatísticas. 0 objetivo do presente trabalho foi testar um novo método para avaliar a difusividade de gases do solo para estudos com N2O, baseado em medidas dos fluxos de CO2 para a atmosfera e de concentray80 de CO2 no perfil do solo. A hip6tese foi a de que 0 fluxo de N2O, calculado com as concentrações de N20 no solo e difusividade, não deveria ser diferente do fluxo de N20 estimado por uma câmara estática fechada. 0 estudo foi feito em condições controladas, em um cilindro de 1 m de diâmetro x 0,5 m de altura, preenchido ate 0,3 m com solo seco ao ar e peneirado, com peneira de 2 mm. Um sistema para amostragem de gases foi montado nas profundidades de 5 e 15 cm. Uma câmara estática foi montada sobre 0 mesmo ponto para avaliação de fluxo de gás. As amostras de gases nas diferentes profundidades do solo foram retiradas durante um período de 41 dias, sempre no mesmo horário em que se fazia a medida do fluxo de gases para a atmosfera. Cada amostra era analisada para as concentrações de CO2 e N20 por cromatografia gasosa. Pela proposta do trabalho, a difusividade foi calculada utilizando a Lei de Fick, sendo as variáveis, gradiente de concentray80 na camada de solo e fluxo do gás, determinadas com base nas analises de CO2. Também se estimou a difusividade pelo modelo de Marshall, baseado na tortuosidade, estabelecida pela umidade e porosidade do solo em cada camada. Os resultados mostraram que os fluxos de N2O, calculados usando a difusividade obtida pelo método do CO2, tendo como referencia a camada de solo de 0-5 cm, ficaram semelhantes aos medidos com a câmara estática. Considerando a camada de 0-15 cm, os fluxos calculados foram 40% superiores ao da câmara estática. Os fluxos de N20 calculados usando a difusividade pelo modelo de Marshall foram 5 a 9 vezes maiores que 0 medido com a câmara estática. Conclui-se que 0 método do CO2 permite estimativas mais reais da difusividade do N20 no solo, sendo uma opção mais simples e rápida do que aquelas baseadas no radioisótopo, como 0 Rn222. The present work aimed to evaluate a new method to estimate the soil diffusivity of gases to be used in studies of N2O, based on measurements of soil CO2 efflux and the soil CO2 profile. The hypothesis was the soil N20 efflux, estimated from the soil N20 concentrations and diffusivity would not be different from the N20 efflux estimated by using a closed static chamber. The study was carried out under controlled conditions in a cylinder of 1 m diameter by 0.5 m height, filled in with air dried 2 mm sieved soil up to 0.3 m. A soil air sampling system was built at 5 and 15 cm depth. A closed static chamber was in the soil surface at the same place for gas efflux evaluation. Gas sampling from the different soil depths were taken during 41 days, always at the same time of gas efflux measurement. Each gas sample was analyzed for CO2 and N20 concentration by gas chromatography. According to the proposal, gas diffusivity was calculated using the Fick's Law, and the variables gas concentration gradient of each layer and gas efflux determined from the analysis of CO2. The diffusivity was also estimated by the Marshall's model, taking into account the soil tortuosity, calculated using soil moisture and porosity of each layer. The results have shown that the N20 fluxes calculated from the diffusivity obtained from CO2 data from the 0-5cm soil layer were similar to the fluxes measured using the static chamber. Considering the 0-15 cm soil layer the fluxes were 40% greater than that obtained with the static chamber. Fluxes of N20 calculated using diffusivity from Marshall's model were almost five to nine times greater than the fluxes measured with static chamber. It can be concluded that the method using CO2 as a reference gas allows more reliable estimates of N20 diffusivity in soil, being a simfller and faster option than the ones based on radioisotopes such as Rn 222
Thesagro: Solo.
Data Documento: 2008-04-08
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPAB)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bot025.pdf131,47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace