Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/62120
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMELO, F. de B.por
dc.contributor.authorCARDOSO, M. J.por
dc.contributor.authorRIBEIRO, V. Q.por
dc.contributor.otherFRANCISCO DE BRITO MELO, CPAMN; MILTON JOSE CARDOSO, CPAMN; VALDENIR QUEIROZ RIBEIRO, CPAMN.por
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.date.created2001-08-23por
dc.date.issued2000por
dc.identifier.other13254por
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/62120por
dc.descriptionObjetivou-se com este estudo avaliar o grau de modificação de algumas características químicas e físicas de um solo Aluvial Eutrófico em função do tempo de uso e de diferentes sistemas de manejo. O trabalho foi conduzido na área experimental da Embrapa Meio-Norte em Teresina, Piauí, utilizando-se como tratamentos três sistemas de manejo do solo: S1 - Uso de uma aração e duas gradagens leves a cada cultivo; S2 - Uso de grade aradora a cada cultivo; S3 - plantio direto, utilizando-se a palhada de milheto como cobertura morta. Utilizou-se como cultura principal o feijão caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.), irrigado por aspersão convencional. O trabalho teve a duração de cinco anos (1995 a 1999) e após o terceiro e quinto ano de cultivo foram abertas, em cada tratamento, trincheiras para coletas de amostras de solo com estrutura inalterada, para análise da densidade aparente (Da) e porosidade total (Pt), nas profundidades de 0-10 cm, 10-20 cm e 20-30 cm, utilizando-se anéis de volumes conhecidos, com duas repetições para cada profun'didade. Foram coletadas também amostras, nas mesmas profundidades e com estrutura alterada para análises químicas. Observou-se que, de uma maneira geral, os níveis de fósforo e potássio do solo, nos três sistemas, apresentaram valores mais elevados, quando comparados com os obtidos antes da instalação do experimento, em decorrência do efeito residual das adubações químicas realizadas ao longo dos cinco anos de cultivo. Ocorreram reduções nos valores de cálcio + magnésio nos três sistemas de cultivo, sendo menos acentuadas no sistema com plantio direto, devido a reciclagem desses nutrientes contidos na palhada do milheto em decomposição. Essa afirmação pôde ser comprovada pelos valores mais elevados da matéria orgânica obtidos nas duas épocas de coleta de amostras do solo neste sistema. No sistema onde foi utilizada a grade aradora observaram-se valores mais elevados de densidade aparente a partir do terceiro ano de cultivo, nas camadas de solo abaixo de 10 cm de profundidade com conseqüentes reduções na porosidade total. No sistema de plantio direto esses valores foram menores em toda a extensão do perfil, não causando impedimento físico para o desenvolvimento do sistema radicular da cultura. No sistema onde foram utilizadas a aração e gradagens leves, os valores mais elevados de densidade aparente, nas camadas de solo abaixo de 10 cm, só foram observados após o quinto ano de cultivo, indicando, portanto, que esse sistema, também, provoca a compactação do solo.por
dc.description.uribitstream/item/35786/1/BP28.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherTeresina: Embrapa Meio-Norte, 2000.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Meio-Norte - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Meio-Norte. Boletim de pesquisa, 28).por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCaracteristicas.por
dc.titleAlterações nas características químicas e físicas de um solo Aluvial Eutrófico decorrentes do tempo de uso em diferentes sistemas de manejo.por
dc.typeBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.date.updated2011-07-20T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroManejo do Solopor
dc.subject.thesagroSolo.por
dc.format.extent214 p.por
dc.ainfo.id62120por
dc.ainfo.lastupdate2011-07-20por
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BP28.pdf1,82 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace