Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1086101
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2017
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: JULIANO, R. S.
FIORAVANTI, M. C. S.
MACHADO, R. Z.
ABREU, U. G. P. de
BARINI, A. C.
BORGES, A. C.
PAULA NETO, J. B.
TRINDADE, B. R.
Additional Information: RAQUEL SOARES JULIANO, CPAP; MARIA CLORINDA SOARES FIORAVANTI, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS; ROSÂNGELA ZACARIAS MACHADO, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO; URBANO GOMES PINTO DE ABREU, CPAP; ANUZIA CRISTINA BARINI, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; ALINNE CARDOSO BORGES, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, ABASTECIMENTO E AGROPECUÁRIA- GOIÂNIA; JOÃO BATISTA PAULA NETO; BRUNO RODRIGUES TRINDADE, DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL- BRASÍLIA, DF.
Title: Hematologia e bioquímica sérica de bovinos curraleiro pé duro infectados por Babesia spp. e Leptospira spp.
Publisher: Corumbá: Embrapa Pantanal, 2017.
Pages: 16 p.
Series/Report no.: (Embrapa Pantanal. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 137).
Language: pt_BR
Description: A Babesia spp. e a Leptospira spp. são importantes enfermidades em sistemas de produção pecuária de países tropicais como o Brasil podendo causar alterações laboratoriais em animais clinicamente sadios. Esse trabalho teve por objetivo avaliar os títulos de anticorpos anti-Babesia bovis, anti-Babesia bigemina e anti-Leptospira interrogans, em bovinos da raça Curraleiro Pé Duro e correlacioná-los às características hematológicas e da bioquímica sérica em animais sadios submetidos à infecção natural. Em 2003 foram amostrados dois rebanhos, localizados no Estado de Goiás e Tocantins e avaliadas 282 amostras para detecção de anticorpos anti-B. bovis e anti- B. bigemina e 236 amostras para detecção de anticorpos anti-Leptospira spp. Foram realizados, hemograma, determinação da atividade sérica de Aspartato Amino Transferase (AST), Alanina Amino Transferase (ALP) e Gama Glutamil Transferase (GGT) e a quantificação no soro da proteína total (PT), albumina, colesterol, uréia, creatinina e bilirrubina, de todos os animais amostrados. Obteve-se 92,90% (n=262) de positividade para B. bovis, 85,46% (n=241) para B. bigemina e 33,05% (n=78) para L. interrogans. Não houve qualquer alteração nos valores médios hematológicos e da bioquímica sérica em relação aos valores de referência. Os resultados não mostraram nenhuma correlação entre títulos de anticorpos anti-Leptospiras e as variáveis laboratoriais avaliadas. O nível de anticorpos específicos para Babesia spp. apresentou correlação positiva com os valores de hemácias, hemoglobina, leucócitos totais e linfócitos, além de AST, ALP, bilirrubina direta (BD), colesterol e creatinina. Concluiu-se que as correlações observadas entre os anticorpos anti-Babesia sp. estão relacionados principalmente ao estímulo do sistema imunológico, funções hepática e renal. Porém, como todos os valores encontrados estão dentro do intervalo de referência, concluiu-se que não houve manifestação patológica decorrente da infecção ou de maiores títulos de imunoglobulinas.
Thesagro: Bovino
Doença animal
NAL Thesaurus: Cattle
Animal diseases
Data Documento: 2018-01-23
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianoBPCurraleirofinal.pdf542,45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace