Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/811102
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pantanal - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 18-Ago-2004
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: SANTOS, S. A.
ABREU, U. G. P. de
CRISPIM, S. M. A.
PADOVANI, C. R.
SORIANO, B. M. A.
CARDOSO, E. L.
MORAES, A. S.
Informaçães Adicionais: Embrapa Pantanal (Corumbá, MS)
Título: Simulações de estimativa da capacidade de suporte das áreas de campo limpo da sub-região da Nhecolândia, Pantanal.
Edição: 2003
Fonte/Imprenta: Corumbá: Embrapa Pantanal, 2003.
Páginas: 22 p.
Série: (Embrapa Pantanal. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 52).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bovino
Eqüino
Veado campeiro
Taxa de lotação
Pastagem
Campo limpo
Nhecolândia
Pantanal
Bovine
Cattle
Horse
Carrying capacity
Pasture
Pampas deer
Conteúdo: Devido a complexidade e heterogeneidade de ambientes existentes no Pantanal e a dinâmica das pastagens em função das condições climáticas anuais, há a necessidade de uma metodologia prática para estimar a capacidade de suporte das diferentes fitofisionomias. Este Boletim tem como objetivo efetuar algumas simulações de capacidade de suporte de áreas de campo limpo da sub-região da Nhecolândia usando o programa Phygrow, desenvolvido pela Universidade Texas A & M. Como o programa não considera mudanças na composição botânica da pastagem, foram feitas planilhas individuais para diferentes anos hidrológicos (normal, cheio e seco), cujas variáveis foram obtidas através de estudos locais e outras fontes disponíveis na literatura. Foram feitas simulações para bovinos, cavalos e veados campeiros. Os resultados mostraram que a capacidade média de suporte das áreas de campo limpo para criação de bovinos e cavalos foram similares (cerca de 0,5 unidades animais/ha) entre anos normais e de cheia, no entanto, esta foi consideravelmente diminuída em anos de seca (cerca de 0,2 unidades animais/ha). A principal espécie componente das pastagens de campo limpo foi o capim-mimoso (Axonopus purpusii) em anos de seca e cheia enquanto que a grama-do-cerrado (Mesosetum chaseae) teve maior participação em anos de seca. Portanto, a utilização de modelos de simulação como o Phygrow para estimativa da capacidade de suporte e manejo das pastagens do Pantanal devem ser feitos com cautela, haja vista que as pastagens são complexas e dinâmicas.
Ano de Publicação: 2003
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAP)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BP52.pdf442,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace