Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/59810
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio-Norte - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 23-Mar-2001
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: ARAUJO, E. C. E.
OLIVEIRA, F. das C.
VASCONCELOS, L. F. L.
ALCOFORADO FILHO, F. G.
SOARES, E. B.
Informaçães Adicionais: Eugênio Celso Emérito Araújo, Embrapa Meio-Norte; Francisco das Chagas Oliveira, Embrapa Meio-Norte; Lúcio Flavo Lopes Vasconcelos, Embrapa Meio-Norte; Francisco Guedes Alcoforado Filho, Embrapa Meio-Norte; Edson Basílio Soares, UFPI.
Título: Métodos para reduzir o tempo de germinação de sementes de bacuri (Platonia insignis Mart.).
Edição: 1999
Fonte/Imprenta: Teresina: Embrapa Meio-Norte, 1999.
Páginas: 14 p.
Série: (Embrapa Meio-Norte. Boletim de pesquisa, 25).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bacuri
Germinacao
Semente
Platonia insignis
Conteúdo: Este trabalho teve como objetivo avaliar métodos para acelerar a germinação de sementes de bacuri (Platonia insignis Mart.). O experimento foi conduzido no Laboratório de Fisiologia Vegetal e na Câmara de Nebulização da Embrapa Meio-Norte, Teresina-PI, no delineamento de blocos ao acaso, com dez tratamentos e quatro repetições, sendo a unidade experimental constituída por dez sementes. Foram testados os seguintes tratamentos: testemunha (Tl); remoção do tegumento da semente (T2); remoção do meristema fundamental corticai, através de cortes em planos perpendiculares ao plano dorsalíventd, nos dois lados da semente, sem atingir o menstema fundamental medular (T3); T3 mais a remoção do meristema fundamental cortical através de cortes em planos paralelos ao plano dorsai-.ventrai, na região dorsal, sem atingir o menstema fundamental medular (T4); T3 mantido em água a 40 "C por 20 minutos (T5); T4 mantido em água a 40 'C por 20 minutos (T6); T3 mantido em etanol 80% por 5 minutos (T7); T4 mantido em etanol 80% por 5 minutos (T8); T3 mantido em acetona 80% por 5 minutos (T9); e T4 mantido em acetona 80% por 5 minutos (TIO). As variáveis estudadas foram: percentagem de emergência da radícula aos 14 (PErl4), 2 1 (PEr2 l), 28 (PEr28), e 35 (PEr35) dias após a semeadura e índice de velocidade de emergência da radicula (IVEr) no 35' dia após a semeadura. As sementes submetidas aos tratamentos T2, T3, T4, T5 e T6 apresentaram PErl4 de 72,5%; 65,0%; 72,5%; 52,5% e 67,5%, respectivamente, sendo superiores (p<0,05) aos demais tratamentos. Todos os tratamentos foram superiores @<0,05) a testemunha em relação a PEr21 (35,0%) e não houve diferença significativa entre os tratamentos em relação a PEr28 e PEr35. Quanto ao IVEr, os tratamentos T2, T3, T4, T5 e T6 apresentaram os valores de 0,59; 0,57; 0,61; 0,54 e 0,59, respectivamente, superando (p<0,05) os demais tratamentos, os quais não diferiram da testemunha (0,36).
Ano de Publicação: 1999
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BP25.pdf2,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace