Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/53033
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio-Norte - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 22-Dez-1995
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: NASCIMENTO, M. do P.S.C.B. do.
Título: Germinacao de sementes de leguminosas forrageiras nativas submetidas a tratamentos para a quebra da impermeabilidade do tegumento.
Edição: 1982
Fonte/Imprenta: Teresina: EMBRAPA-UEPAE de Teresina, 1982.
Páginas: 37p.
Série: (EMBRAPA-UEPAE de Teresina. Boletim de Pesquisa, 5).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Planta leguminosa forrageira
Semente
Dormencia
Impermeabilidade
Germinacao
Conteúdo: Foi testado o efeito de escarificacao com lixa, do tratamento com acido sulfurico (98o) durante l, 5, 10, 15 e 20 minutos e com agua quente (80oC) durante l, 5,10, 15 e 20 minutos sobre a germinacao das sementes das seguintes leguminosas forrageiras nativas: Stylosanthes capitata, Canavalia obtusifolia, Dioclea lasiophylla, Cratylia floribunda, Calopogonium velutinum e Desmanthus virgatus. O delineamento foi de blocos ao acaso, com tres repeticoes, com 50 sementes por repeticao. Em todas as especies testadas a percentagem de germinacao da testemunha (sem escarificacao) foi muito baixa (0 a 8% aos sete dias e 8 a 16% aos 30 dias) com excecao da C. floribunda (56 e 100% aos 7 e 30 dias). A escarificacao com lixa foi eficiente para S.capitata, C. obtusifolia, C.floribunda e C. velutinum. Os tratamentos com acido sulfurico durante 10, 15 e 20 minutos foram eficazes para D. virgatus (90 a 98% e 94 a 100% de germinacao aos 7 e aos 30 dias) e, durante 5, 10 e 15 minutos foram eficazes para C. floribunda (82 a 92% aos sete dias). Os tratamentos com agua quente so foram eficientes para C. obtusifolia (64 a 90% de germinacao aos 7 e 62 a 100% aos 30 dias). S. capitata teve as mais baixas percentagens de germinacao, em todos os tratamentos, tanto aos 7 como aos 30 dias. C. velutium e D. lasiophylla tiveram germinacao relativamente baixa aos 7 dias, porem bastante aumentada entre o setimo e o trigesimo dia.
Ano de Publicação: 1982
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bolp50001.pdf865,87 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace