Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1013300
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 13-Abr-2015
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: CORREA, L. C.
RYBKA, A. C. P.
BIASOTO, A. C. T.
SILVA, P. T. de S. e
PEREIRA, G. E.
Informaçães Adicionais: LUIZ CLAUDIO CORREA, CPATSA; ANA CECILIA POLONI RYBKA, CPATSA; ALINE TELLES BIASOTO MARQUES, CPATSA; PAULA TEREZA DE SOUZA E SILVA, CPATSA; GIULIANO ELIAS PEREIRA, CNPUV/CPATSA.
Título: Desenvolvimento de metodologia para detecção e quantificação de compostos fenólicos em vinhos.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Petrolina: Embrapa Semiárido, 2014.
Páginas: 20 p.
Série: (Embrapa Semiárido. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 119).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Química analítica
Compostos fenólicos
Vinho branco
Vinho tinto.
Conteúdo: Com este trabalho, objetivou-se desenvolver um método cromatográfico para a quantificação de compostos fenólicos em vinhos brancos e tintos por cromatografia líquida de alta eficiência. Para a validação em amostras, foram selecionados dez vinhos. Foram utilizados 25 padrões de compostos fenólicos. A separação dos compostos foi realizada utilizando-se simultaneamente os detectores de arranjos de fotodiodos e fluorescência. As fases móveis utilizadas foram: solução de dihidrogenofosfato fosfato de potássio em água ultrapura com pH ajustado para 2,05; metanol e acetonitrila e como fase estacionária foi utilizada coluna C18 (150x4,60 mm, 3μm). A seletividade foi confirmada através dos tempos de retenção e dos espectros de absorção dos padrões analíticos, das amostras puras e fortificadas com a mistura dos padrões. Termos para indexação: vinho, validação, cromatografia, compostos fenólicos. A linearidade das curvas analíticas para cada composto foi confirmada através do R2 das curvas, que variaram entre 0,997 e 0,999, com os limites de detecção e quantificação variando de 0,02 mg L-1 a 0,30 mg L-1 e 0,05 mg L-1 a 1,00 mg L-1. A repetibilidade variou de 1,05 a 3,39 (CV%), enquanto a precisão intermediária ficou entre 1,27 e 3,19 (CV%). A exatidão apresentou variação de 90,86% a 99,64% e de 92,20% a 99,89% nos vinhos tinto e branco, respectivamente.
Thesagro: Uva
Enologia
Cromatografia
Vitis Vinifera
Vinho.
NAL Thesaurus: Grapes
Wines
Wine quality.
Ano de Publicação: 2014
ISSN: 1808-9968
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BPD119cpatsa.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace