Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/996042
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Issue Date: 2012
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: CALDERANO FILHO, B.
POLIVANOV, H.
CHAGAS, C. da S.
CARVALHO JUNIOR, W. de
CALDERANO, S. B.
GUERRA, A. J. T.
DONAGEMMA, G. K.
BHERING, S. B.
AGLIO, M. L. D.
Additional Information: BRAZ CALDERANO FILHO, CNPS; Helena Polivanov, Embrapa Solos; CESAR DA SILVA CHAGAS, CNPS; WALDIR DE CARVALHO JUNIOR, CNPS; SEBASTIAO BARREIROS CALDERANO, CNPS; Antônio José Teixeira Guerra, UFRJ; GUILHERME KANGUSSU DONAGEMMA, CNPS; SILVIO BARGE BHERING, CNPS; MARIO LUIZ DIAMANTE AGLIO, CNPS.
Title: Solos do médio alto curso do Rio Grande, região serrana do Estado do Rio de Janeiro.
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2012.
Pages: 57 p.
Series/Report no.: (Embrapa Solos. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 216).
Language: pt_BR
Notes: Contém 1 mapa 1:100.000.
Keywords: Levantamento de solos
Solos tropicais
Modelo Digital de Elevação (MDE)
Relações solo-paisagem
Description: O objetivo do trabalho foi realizar o estudo dos solos de uma área montanhosa na região de influência do médio alto curso do Rio Grande, região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, na escala 1:100.000, visando proceder à identificação, caracterização e cartografia dos solos. Predomina na área relevo forte ondulado a montanhoso e amplitude altimétrica entre 700 e 1.300 metros, podendo registrar picos mais elevados. O tipo climático predominante é o Aw, tropical mesotérmico úmido, de Köppen, com temperatura média anual de 17,8ºCº e precipitação pluviométrica variável de 1.327 mm a 1.585 mm anuais. Os procedimentos utilizados consistiram basicamente na delimitação dos principais domínios e/ou padrões fisiográficos, a partir de dados de sensores remotos e do modelo digital de elevação (MDE), principalmente dos dados de altimetria e de declividade. No domínio das baixadas, foram identificados Neossolos Flúvicos, ocupando as várzeas do Rio Grande e Cambissolos Flúvicos nas posições ligeiramente mais elevadas das baixadas. No domínio das terras altas, foram identificados Argissolos Vermelhos, Vermelho-Amarelos e eventualmente Amarelos, restritos às partes mais suavizadas da paisagem. Na classe do Argissolo Vermelho-Amarelo há ocorrência de solos com caracteristicas intermediárias para a classe dos Latossolos, e apenas na classe do Argissolo Vermelho ocorrem solos eutróficos, relacionados a diques de rochas básicas. Latossolos Vermelhos, Vermelho-Amarelos, Amarelos e eventualmente Latossolos Amarelos húmicos e, mais raramente, ácricos, que gradativamente dão lugar a Cambissolos Háplicos e Neossolos Litólicos, que ocorrem associados a afloramentos de rochas, à medida que a vertente fica mais íngreme. Excluindo os solos representativos das áreas de várzea, o restante, assim como os afloramentos de rochas, ocorrem em toda a área de estudo em diferentes posições da paisagem. As principais restrições pedológicas observadas na área compreendem a baixa fertilidade natural dos solos e a elevada suscetibilidade à erosão, em consequência da elevada precipitação e do relevo vigoroso da área. Essas características influenciam no comportamento dos solos frente aos diferentes tipos de usos e práticas de manejo, devendo ser consideradas no planejamento de uso dos solos.
Year: 2014-09-29
ISSN: 1678-0892
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BPD216SolosRegiaoSerrana.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace