Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/994068
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2014
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: BARROS, A. T. M. de
RAVAGLIA, E.
PETZOLD, H. V.
AVELLAR, W. de
Additional Information: ANTONIO THADEU MEDEIROS DE BARROS, CNPGC; ERNANDE RAVAGLIA, CPAP; HILDEBERTO VALLE PETZOLD, CPAP; WIBERT DE AVELLAR, CPAP.
Title: Avaliação da estratégia de tratamento parcial do rebanho no controle da mosca-dos-chifres.
Publisher: Corumbá : Embrapa Pantanal, 2014.
Pages: 15 p.
Series/Report no.: (Embrapa Pantanal. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 125).
Language: pt_BR
Keywords: Controle
Control.
Description: A mosca-dos-chifres (MDC) destaca-se dentre os principais ectoparasitos que acometem a pecuária de corte nacional. Seu controle é realizado quase exclusivamente com produtos inseticidas, o que tem levado a sérios problemas de resíduos e resistência. Alternativas não químicas e redução do uso de inseticidas tornam-se essenciais ao controle sustentável deste parasito. O presente estudo avaliou a eficiência do tratamento parcial do rebanho como estratégia de controle da MDC. Quatro experimentos foram conduzidos, utilizando produtos de diferentes classes inseticidas: lactona macrocíclica (ivermectina), fenilpirazol (fipronil), piretróide cipermetrina) e organofosforado+piretróide (clorpirifós+cipermetrina), em formulações pour-on. Em cada experimento, 200 vacas Nelore foram distribuídas em quatro grupos, para avaliação do tratamento de 20%, 50% e 100% do rebanho, além de um grupo não tratado. Contagens periódicas da MDC foram realizadas nos dias 0, 3, 7, 14, 21 e 28 em todos os animais. A eficácia dos produtos nos grupos tratados integralmente foi superior a 90% (exceto pela cipermetrina) ao final da 1ª semana pós-tratamento, sendo de modo geral superior a dos tratados parcialmente nas duas semanas iniciais. Nos grupos tratados parcialmente, a eficácia foi geralmente maior nos grupos com maior frequência de animais tratados. Independente da classe inseticida aplicada e do percentual de animais tratados (20% ou 50%), o tratamento parcial do rebanho apresentou três características principais: a) rápida e acentuada redução das infestações em todo o rebanho, b) menores níveis de redução das infestações e c) menor período de proteção, em relação ao tratamento de todo o rebanho. Apesar da redução no uso de inseticidas e do menor custo, a viabilidade do tratamento parcial do rebanho, como estratégia de controle da MDC, se limita a situações onde um menor nível e período de eficácia sejam aceitáveis, caso contrário, tratamentos adicionais podem ser necessários, comprometendo as vantagens da estratégia. As implicações do tratamento parcial do rebanho no desenvolvimento e manejo da resistência a inseticidas devem ser avaliadas. The horn fly stands out among the main ectoparasites that affect national beef cattle. This livestock pest is controlled almost exclusively by insecticide products, which has led to serious residue and resistance issues. Non-chemical alternatives and reduction of insecticide use are essential for a sustainable control of this parasite. This study evaluated the efficiency of partial herd treatment as a strategy for controlling horn flies. Four experiments were conducted using products from different insecticide classes: macrocyclic lactone (ivermectin) phenylpyrazole (fipronil), pyrethroid (cypermethrin), and an organophosphate-pyrethroid mixture (chlorpyrifos + cypermethrin), in pour-on formulations. In each experiment, 200 Nelore cows were distributed in four groups for evaluation of the treatment of 20, 50, and 100% of the herd, besides an untreated group. Periodic fly counts were performed on days 0, 3, 7, 14, 21, and 28 in all animals. Product efficacy in the full-treated herd exceeded 90% (except for cypermethrin) at the end of the 1st week after treatment, being mostly higher than in partially treated groups in the first two weeks. In the groups partially treated, efficacy was generally higher in the groups with the largest frequency of treated animals. Regardless of the insecticide class and the percentage of treated animals (20% or 50%), the partial treatment of the herd showed three main features: a) fast and marked reduction in infestations throughout the herd, b) lower reduction of horn fly infestations, and c) shorter period of protection, when compared to the full herd treatment. Despite reduction in insecticide use and lower costs, viability of partial herd treatment as a strategy for controlling the horn fly is limited to situations where a lower level and protection period are acceptable; otherwise, the need for additional treatments tends to compromise the advantages of the strategy. The implications of partial herd treatment in the development and management of insecticide resistance should be evaluated.
Thesagro: Haematobia Irritans.
Data Documento: 2014-09-02
ISSN: 1981-7215
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BP125.pdf681,77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace