Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/984172
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2002
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: MARTINS, E. P.
OLIVEIRA, A. D. de
REZENDE, J. L. P. de
VIEIRA, A. H.
LOCATELLI, M.
PEQUENO, P. L. de L.
Additional Information: Eugênio Pacelli Martins, Bolsista CNPq/Embrapa Rondônia; Antonio Donizette de Oliveira, UFLA; José Luiz Pereira de Rezende, UFLA; ABADIO HERMES VIEIRA, CPAF-RO; MARILIA LOCATELLI, CPAF-RO; Petrus Luiz de Luna Pequeno, Bolsista CNPq/Embrapa Rondônia.
Title: Diagnóstico das Serrarias e das Fábricas de Lâminas e Compensados do Município de Jaru, Estado de Rondônia.
Publisher: Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2002.
Pages: 16 p.
Series/Report no.: (Embrapa Rondônia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 8).
Language: pt_BR
Keywords: Indústrias Madeireiras
Description: O presente trabalho teve como objetivo caracterizar as indústrias madeireiras do Município de Jaru com relação às espécies consumidas, métodos de compra de matéria-prima, fonte e forma de obtenção de madeira, produção, geração de empregos, mercado consumidor, etc. Os dados foram coletados por meio de aplicação de questionários específicos em todas as madeireiras de Jaru. Das 31 indústrias madeireiras existentes no Município, em 1995, 96,7% tinham sido instalada pela primeira vez em Jaru, por empresários originários de outras regiões do Brasil. As espécies mais consumidas pelas serrarias foram: Tabebuia sp. (ipê),Hymenea courbaril (jatobá), Dipterex odorata (cumaru) e Hymenolobium sp. (angelim), enquanto que Ceiba pentandra (sumaúma), Parkia sp. (pinho cuiabano) e Schizolobium amazonicum (bandarra), foram as preferidas pelas laminadoras e fábricas de compensados. As indústrias produziram cerca de 140 mil m³ de madeira beneficiada e geraram 1.922 empregos diretos. A maior parte da produção de madeira é dirigida ao mercado interno, tendo os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná como os maiores consumidores.
Data Documento: 2014-04-08
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BPD8serrariaselaminadoras.pdf273,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace