Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/982113
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLEDO, C. A. da S.por
dc.contributor.authorSANTOS, V. da S.por
dc.contributor.authorMARTIN, M. L. L.por
dc.contributor.authorALVES, A. A. C.por
dc.contributor.authorSILVA, D. de C. S. dapor
dc.contributor.authorSANTOS, A. S.por
dc.contributor.authorTAVARES FILHO, L. F. de Q.por
dc.contributor.otherCARLOS ALBERTO DA SILVA LEDO, CNPMF; VANDERLEI DA SILVA SANTOS, CNPMF; MÁRCIO LACERDA LOPES MARTIN; ALFREDO AUGUSTO CUNHA ALVES, CNPMF; DREID DE CERQUEIRA SILVEIRA DA SILVA; ARIANA SILVA SANTOS; LEÔNIDAS FRANCISCO DE QUEIROZ TAVARES FILHO.por
dc.date.accessioned2015-12-18T02:29:52Z-
dc.date.available2015-12-18T02:29:52Z-
dc.date.created2014-03-12por
dc.date.issued2014por
dc.identifier.other30025por
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/982113por
dc.descriptionA hibridação interespecífica é um dos métodos utilizados na cultura da mandioca para ampliar variabilidade ou transferir características de interesse econômico. Hibridações controladas e naturais ocorrem dentro do gênero Manihot, indicando que as barreiras que isolam as espécies são fracas devido à recente evolução do grupo. Muitas espécies silvestres cruzam facilmente com M. esculenta e são fontes de alelos úteis para a espécie cultivada. Este trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento e a cruzabilidade de híbridos interespecíficos entre espécies silvestres de Manihot e cultivares comerciais de M. esculenta. Foram realizadas polinizações manuais aleatórias entre 16 acessos de espécies silvestres e 31 cultivares de mandioca (Manihot esculenta Crantz), no período de 2007 a 2012. Os dados de avaliações dos números de flores polinizadas e fertilizadas, frutos desenvolvidos, sementes produzidas e deiscência dos frutos foram avaliados. Foi possível desenvolver híbridos interespecíficos entre cultivares de mandioca e espécies silvestres de Manihot. Observou-se que as espécies silvestres de Manihot são mais eficientes quando se comportam como doadores de grãos de pólen. As espécies Manihot esculenta subsp. peruviana e Manihot esculenta subsp. flabelifolia foram as que apresentaram os maiores números de flores polinizadas, produzindo uma relação aproximada de 8 sementes híbridas obtidas para cada 100 cruzamentos realizados.por
dc.description.uribitstream/item/126759/1/boletim-de-pesquisa-65.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherCruz das Almas, BA: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2014.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Mandioca e Fruticultura - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Mandioca e Fruticultura. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 65).por
dc.rightsopenAccesspor
dc.titleHibridação interespecífica entre espécies silvestres de Manihot (Euphorbiaceae - Magnoliophyta) e cultivares de mandioca (Manihot esculenta Crantz).por
dc.typeBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)por
dc.date.updated2015-12-18T02:29:52Zpor
dc.subject.thesagroMandiocapor
dc.subject.nalthesaurusCassavapor
dc.ainfo.id982113por
dc.ainfo.lastupdate2015-12-17por
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
boletimdepesquisa65.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace