Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/963017
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Café - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 2011
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: ROSA, S. D. V. F. da
MACDONALD JUNIOR, M. B.
Informaçães Adicionais: STTELA DELLYZETE VEIGA F DA ROSA, SAPC; MILLER B. McDONALD, JR., OHIO STATE UNIVERSITY.
Título: Modelo de crescimento de plântulas de café: uma justificativa para reduzir o teste padrão de germinação.
Fonte/Imprenta: Brasília, DF: Embrapa Café, 2011
Páginas: 24 p.
Série: (Embrapa Café. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 1).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Coffea arabica L.
Conteúdo: A espécie Coffea arabica L. é uma das mais importantes commodities no Brasil. Apesar dos esforços para a viabilização da propagação vegetativa de plantas de café, essas ainda são propagadas por mudas produzidas a partir da semeadura direta de sementes. Uma indesejável característica de sementes desta espécie é que elas apresentam germinação lenta e desuniforme, o que dificulta a obtenção de mudas vigorosas. Além disto, esta característica impossibilita a rápida avaliação da viabilidade e do vigor, devido ao excessivo tempo requerido para a obtenção dos resultados. Assim, o objetivo neste trabalho foi definir os estádios do desenvolvimento de plântulas de Coffea arabica L., descrevendo as mudanças morfológicas durante a germinação e o crescimento pós-germinativo. Oito fases de crescimento das plântulas foram descritas, obtendo-se um modelo que permite maior precisão na caracterização do desenvolvimento das plântulas de café do que dias após a semeadura, uma vez que fatores ambientais podem afetar a velocidade e a uniformidade de crescimento. Além disto, as atuais Regras para Análise de Sementes requerem 30 dias para a obtenção dos resultados da avaliação da germinação das sementes. O modelo de crescimento de plântulas de café obtido neste trabalho demonstra que todas as partes essenciais de uma plântula de café podem ser avaliadas entre os estádios S-2 e S-3, os quais ocorrem de 12 a 15 dias. Tais dados sugerem que o teste padrão de germinação pode ser substancialmente reduzido para a obtenção mais rápida dos resultados da avaliação da qualidade fisiológica de um lote de sementes de café.
Thesagro: Café
Crescimento
Germinação
Plântula.
Ano de Publicação: 2013-07-30
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (SAPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Modelodecrescimento.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace