Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/951294
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Milho e Sorgo - Documentos (INFOTECA-E)
Data do documento: 2012
Tipo do Material: Documentos (INFOTECA-E)
Autoria: SEMINÁRIO TEMÁTICO AGROINDUSTRIAL DE PRODUÇÃO DE SORGO SACARINO PARA BIOETANOL, 1., 2012, Ribeirão Preto.
Título: Anais...
Fonte/Imprenta: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2012.
Páginas: 68 p.
Série: (Embrapa Milho e Sorgo. Documentos, 145).
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O sorgo sacarino (Sorghum bicolor L. Moench) é uma gramínea produtora de energia similar à cana-de-açúcar (Saccharum spp.), que converte energia solar em energia química. O sorgo sacarino produz energia de primeira geração, quando transformado em bioetanol, e de segunda geração, quando transformado em biomassa lignocelulósica. O potencial de produção de energia do sorgo sacarino é alto. Todo este potencial pode ser conseguido por processos tecnológicos avançados, como genética de cultivares (híbridos e variedades), sistema de produção específico para o sorgo sacarino, sistema BRS1G negócios tecnológicos, bem como com a ajuda de parceiros para futuro desenvolvimento genético e produtivo, juntamente com as tecnologias da Embrapa de qualidade e produção da cultura. Cultivares com potencial genético de qualidade associado ao manejo da cultura, como a densidade de plantas úteis na colheita, a adubação e a água e a logística de colheita-transporte-beneficiamento, são os elementos críticos para se ampliar a garantia de êxito da utilização do sorgo sacarino como espécie complementar à cana-de-açúcar, cultivado na entressafra visando o aumento da operacionalidade industrial da usina. As necessidades mais urgentes são os ajustes de arranjos produtivos que focam na maior produtividade de colmo, teor de caldo e açúcares e a adequação da logística para a implantação da cultura em ambiente da agroindústria de cana-de-açúcar, visando a produção de etanol e a utilização da biomassa residual para a produção de energia extra nas caldeiras das usinas. Fundamentando-se no fator inovação, o sorgo sacarino configura-se como um negócio típico da parceria público-privada. Os modelos de negócios em tramitação permitem alinhar as oportunidades da iniciativa pública e privada, na inserção do sorgo sacarino em atendimento às demandas por alternativas agronômicas, industriais e econômicas para o setor sucroalcooleiro. A realização do I Seminário Temático sobre o Sorgo Sacarino, coordenado pela Embrapa, com a participação de segmentos da PD&I, da produção privada comercial de sementes e de etanol, da indústria de produtos agrícolas e maquinaria, de instituições de ensino, extensão e fomento, criou oportunidades para qualificar o conhecimento específico e os desafios futuros, de curto a longo prazo, para o setor. Criou também oportunidades para relacionamentos institucionais e técnicos, visando negócios competitivos e profissionais. A Embrapa apresenta neste documento os elementos-chave da avaliação com parceiros para o entendimento amplo de balizadores dos negócios público-privados de PD&I e de produção, no âmbito do sistema agroindustrial do sorgo sacarino no Brasil. A Embrapa, em 2012, estará lançando documentos complementares sobre a visão estratégica para a inserção do sorgo-energia no setor sucroalcooleiro, como recomendações técnicas para os sistemas de cultivo do sorgo sacarino e do sorgo biomassa lignocelulósica, bem como avaliações de especialistas sobre boas práticas agronômicas e indicadores industriais para a produção de etanol de sorgo sacarino.
Thesagro: Recurso energético
Sorghum bicolor
Variedade
Ano de Publicação: 2013-02-26
Aparece nas coleções:Série Documentos (CNPMS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
doc145.pdf10,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace