Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/949594
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2013
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: MAGALHAES, K. S.
NEGRI, B. F.
SOUSA, S. M. de
Additional Information: Karla Sabrina Magalhães, Bolsista; Barbara França Negri, Bolsista; SYLVIA MORAIS DE SOUSA TINOCO, CNPMS.
Title: Análise morfológica do sistema radicular do painel de diversidade de milho da Embrapa Milho e Sorgo.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2013.
Pages: 32 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 64).
Language: pt_BR
Description: A estrutura modular das raízes permite que as plantas respondam rapidamente ao ambiente em que elas vivem, tornando-as mais adaptáveis às mudanças ambientais, tais como a disponibilidade de água e nutrientes. Certos tipos de raízes podem ajudar a aumentar a produtividade por causa da sua maior capacidade de adquirir nutrientes e água. Nosso trabalho teve como objetivo estudar as características morfológicas do sistema radicular de um painel de diversidade do milho, composto por 200 linhagens do Programa de Melhoramento da Embrapa Milho e Sorgo. As sementes de milho foram esterilizadas e germinadas por quatro dias. As plântulas uniformes foram transferidas para pastas de papel e mantidas em solução nutritiva de Magnavaca (pH 5,6), que foi trocada a cada três dias, sob condições controladas. As raízes das plantas foram fotografadas depois de 13 dias, e as imagens foram processadas e analisadas com os softwares RootReader e WhinRhizo. Quatro características de raízes foram quantificadas: comprimento total, diâmetro médio, volume total e volume de raízes finas (1-2 mm). Baixo coeficiente de variação, 25,26, 6,55, 20,20 e 24,45%, e alta herdabilidade, 78,55, 81,64, 80,26 e 79,98%, foram encontrados para comprimento total, diâmetro médio, volume total e volume das raízes mais finas, respectivamente. O uso da Análise de Componentes Principais (PCA) permitiu a diferenciação dos genótipos com base nas características radiculares. PC1 explicou 65,04% e PC2, 32,90% da variação das linhagens de milho. PC1 apresentou coeficientes positivos de autovetores para todas as variáveis, exceto para diâmetro da raiz, e foi explicado principalmente pelo comprimento e volume. Já o PC2 teve coeficiente negativo de autovetores para comprimento e foi explicado principalmente pelo diâmetro. A distribuição de frequências, assim como a análise de componentes principais (PCA), mostrou que a população possui ampla diversidade genética. As informações geradas por este estudo serão úteis para o estabelecimento de estratégias de seleção precoce de plantas de milho com características morfológicas de raiz que permitam a aquisição mais eficiente de água e nutrientes.
Thesagro: Raiz
Morfologia vegetal
Genótipo
Data Documento: 2013-02-18
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol64.pdf1,56 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace