Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/942887
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Issue Date: 2011
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: PEDREIRA, B. da C. C. G.
FIDALGO, E. C. C.
UZEDA, M. C.
COSTA, M. D. A. da
Additional Information: BERNADETE DA CONCEICAO C G PEDREIRA, CNPS; ELAINE CRISTINA CARDOSO FIDALGO, CNPS; MARIELLA CAMARDELLI UZEDA, CNPAB; Michell Douglas Alves da Costa, PUC-RIO.
Title: Áreas prioritárias para recuperação na região da bacia hidrográfica do Rio Guapi-Macacu, RJ.
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2011.
Pages: 49 p.
Series/Report no.: (Embrapa Solos. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 191).
Language: pt_BR
Description: A região da bacia dos rios Guapi-Macacu, situada no contexto ambiental da Mata Atlântica do Rio de Janeiro, concentra expressivo percentual da produção agrícola fluminense e provê abastecimento de água para quase 2 milhões de pessoas. Os recursos naturais da região são protegidos pela presença de um conjunto de unidades de conservação de uso sustentável e de proteção integral em seu entorno. Entretanto, o processo desordenado de ocupação do solo associado às práticas de manejo e cultivo inadequadas empregadas na região concorre para a sua degradação ambiental, comprometendo a sustentabilidade de sua produção. Sob esse contexto, este estudo objetivou identificar áreas prioritárias para recuperação na região da bacia hidrográfica do rio Guapi-Macacu em subsídio ao planejamento do uso das terras e, desta forma, contribuir para a manutenção da funcionalidade de processos ecológicos e produtivos e minimizar processos erosivos. Para tanto foi realizada uma compilação bibliográfica envolvendo aspectos físicos e ambientais dessa região e leitura de instrumentos de gestão e planejamento disponíveis. Os resultados apontaram que aproximadamente 13% da área da bacia estão sob maior risco de degradação ambiental, apresentando conflitos de uso da terra e ausência de cobertura vegetal natural em áreas consideradas de preservação permanente. Cerca de 51% das Áreas de Preservação Permanente (APPs) presentes na bacia estão ocupadas com agricultura, pastagem e área urbana, ao invés de estarem protegidas pela vegetação natural. A integração dos dados levantados permitiu identificar áreas da bacia onde devem ser investidos esforços de recuperação ambiental.
Thesagro: Bacia Hidrográfica
Degradação Ambiental
Planejamento.
Year: 2012-12-18
ISSN: 1678-0892
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BPD191RecuperacaoGuapi.pdf3,66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace