Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/939024
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2012
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: OLIVEIRA, M. C. R.
MARRIEL, I. E.
PAIVA, C. A. O.
CALAZANS, G. M.
CRUZ, J. C.
Additional Information: MÁRCIA CRISTINA RIBEIRO OLIVEIRA, BOLSISTA; IVANILDO EVODIO MARRIEL, CNPMS; CHRISTIANE ABREU OLIVEIRA PAIVA, CNPMS; GEOVANNA M. CALAZANS, BOLSISTA; JOSE CARLOS CRUZ, CNPMS.
Title: Concentração de inóculo e produção de biogás em reator de batelada alimentado com água residuária de suinocultura.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2012.
Pages: 22 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 48).
Language: pt_BR
Description: Avaliou-se a influência da concentração de inóculos sobre a digestão anaeróbia de resíduos de suínos em biodigestores modelo batelada, operados à temperatura ambiente, por meio da caracterização do potencial de produção de biogás ao longo do tempo, redução de sólidos totais, oscilação de pH e temperatura. Os biodigestores foram constituídos de um reator de 35 L, construídos com tubo de PVC de 300 mm, e os gasômetros, de duas garrafas PET de 2 L. Os tratamentos foram constituídos de quatro concentrações de inóculo 0, 5, 10, 20% (v/v) feito de substrato estabilizado obtido de fermentação de dejetos de bovinos e de um inóculo de solução de açúcar cristal a 5% (p/v). O biogás produzido foi quantificado duas vezes por dia, durante 130 dias. Observou-se que o inóculo, na concentração de 5%, apresentou resultados similares ou superiores aos demais tratamentos, independentemente da concentração e época de avaliação. Por outro lado, a ausência de inóculo retardou o tempo de partida, sendo configurada aos 28 dias após o início do experimento. A adição de açúcar resultou em aumento da produção de gás nas duas primeiras semanas e na falência do sistema, após esse período. Em relação aos valores de pH, detectaram-se valores de 7,46 a 7,5 nos tratamentos contendo inóculo. Observaram-se reduções para sólidos totais de 0 a 92,33%, dependendo do tratamento, sendo maior eficiência observada nos reatores com 5% de inóculo. Concluiu-se que a adição de inóculo tornase indispensável para tratamento anaeróbio eficiente de águas residuárias na suinocultura. E que o uso de inóculo constituído de dejetos bovinos estabilizados em biodigestor, na concentração de 5% (v/v), pode ser recomendado como estratégia para a otimização deste processo.
Thesagro: Biodigestor
Dejeto
Microrganismo.
Data Documento: 2012-11-06
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol48.pdf5,43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace