Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/918938
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2011
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: PRADO, R. B.
FERREIRA, C. E. G.
BENITES, V. de M.
Additional Information: RACHEL BARDY PRADO, CNPS; CARLOS EDUARDO GONÇALVES FERREIRA, UERJ; VINICIUS DE MELO BENITES, CNPS.
Title: Proposta metodológica para mapeamento da demanda potencial de potássio para áreas agrícolas do sudoeste goiano, considerando uso, manejo e textura dos solos.
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2011.
Pages: 32 p.
Series/Report no.: (Embrapa Solos. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 195).
Language: pt_BR
Keywords: Manejo agrícola
Uso do solo.
Description: O conhecimento da dinâmica e da distribuição espacial do uso das terras é de fundamental importância para subsidiar o planejamento agrícola. A utilização de fertilizantes potássicos no manejo dos solos muitas vezes não leva em conta a variabilidade espacial do nutriente nos diferentes manejos das terras, desconsiderando também propriedades do solo como a textura. Ao relacionar espacialmente dados sobre o uso, manejo e textura dos solos, bem como se considerar as taxas de recomendação de potássio, o presente trabalho apresenta uma proposta metodológica de mapeamento qualitativo da demanda potencial de potássio para municípios do Sudoeste Goiano. A metodologia consistiu em obter o mapa de uso e cobertura da terra por meio do processamento de imagens de satélite e reclassificação das classes do mesmo em função do manejo praticado (Semeadura direta ou Cultivo convencional). A partir do mapa de solos da região na escala 1:250.000 foram obtidos os grupamentos texturais de solos da região. Por meio de álgebra de mapas, os mapas obtidos foram sobrepostos utilizando-se ferramentas do ARCGIS9.3 da ESRI. As informações relacionadas à recomendação de aplicação de potássio também foram utilizadas para a classificação e mapeamento de municípios do Sudoeste Goiano, em relação à demanda potencial de potássio, considerando uso, manejo e textura dos solos. Verificou-se grande variabilidade espacial em relação à demanda potencial do potássio, com distribuição diferenciada por município. A classe cana-de-açúcar sobre solos arenosos foi associada à maior demanda potencial de potássio; enquanto áreas de soja sob plantio por semeadura direta em solos argilosos foram classificadas como menor demanda potencial de potássio. Os resultados, embora preliminares, poderão em estudos com maior escala orientar políticas de planejamento agrícola e recomendação de adubação de potássio para a região em estudo, conduzindo à conservação dos solos e maior sustentabilidade agrícola.
Thesagro: Potássio
Manejo do solo
Textura do Solo.
Data Documento: 2012-03-15
ISSN: 1678-0892
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BPD195Propostamapsudoestegoiano.pdf733,29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace