Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/857412
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Outras publicações técnicas (INFOTECA-E)
Date Issued: 2008
Type of Material: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E)
Authors: GUIMARÃES FILHO, C.
Additional Information: CLOVIS GUIMARÃES FILHO, CPATSA.
Title: Núcleo Piloto de Informação e Gestão Tecnológica para a Agricultura Familiar Território do Sisal: relatório final de consultoria nacional.
Publisher: Petrolina: Embrapa Semi-Árido: Projeto Agrofuturo, 2008.
Pages: 50 p.
Language: pt_BR
Keywords: Desenvolvimento Territorial
Bahia
Território do Sisal
Development rural and socoiology
Description: OBJETIVO DA CONSULTORIA: Apoio à implantação e operacionalização do núcleopiloto de informação e gestão tecnológica para a agricultura familiar DO Território do Sisal-BA. PERÍODO DE EXECUÇÃO: 26/06/2007 a 26/12/2007. O trabalho inicial da consultoria foi direcionado para um melhor reconhecimento da área do Núcleo Piloto do Território do Sisal e contatos com pessoas e instituições envolvidas no projeto Uma visão mais verticalizada da missão dessa consultoria foi obtida através de leitura analítica do projeto de implantação dos Núcleos Piloto de Informação e Gestão Tecnológica e dos relatórios dos consultores Doris Sayago e Jean Phillipe Tonneau. As informações foram complementadas com reuniões técnicas mantidas com a coordenadora do projeto Petula Nascimento, os chefes geral e adjunto de negócios da Embrapa Semi-Árido, Pedro Carlos Gama da Silva e Gherman Garcia Leal de Araújo, o coordenador do Polo de Valente, pesquisador José Nilton Moreira, e o técnico Weliton Brandão, da Embrapa Semi-Árido, locado em Valente, responsável pelas ações de campo. O consultor teve a oportunidade ainda de participar de uma reunião ordinária do Comitê Técnico do Núcleo Piloto, formado de representantes do CODES (Conselho Regional de Desenvolvimento Rural Sustentável da Região Sisaleira do Estado da Bahia), da APAEB (Associação do Desenvolvimento Sustentável e Solidário da Região Sisaleira), da FATRES (Fundação de Apoio ao Trabalhador Rural da Região Sisaleira), da SEAGRIMA (Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da Bahia), do MOC (Movimento de Organização Comunitária), do MDA, do IDR, da CAR, da EBDA e do SEBRAE, além, naturalmente, da Embrapa. Contatos foram mantidos também com o consultor Marc Piraux (CIRAD) e com o pesquisador Sergio Guilherme de Azevedo, da Embrapa SemiÁrido, também envolvido no projeto. Foram visitados, entre outros, os municípios de Valente, São Domingos, Conceição de Coité, Retirolândia, Santa Luz, Serrinha e Tucano, nos quais foram efetuadas visitas a produtores e suas associações, além de a técnicos e dirigentes da EBDA, da APAEB, do MOC e das prefeituras da região. Em termos bem sintéticos, o espaço objeto dessa consultoria, o Território do Sisal, está situado no Nordeste da Bahia e é formado por vinte municípios do semi-árido baiano que ocupam uma área total de 20.454 km2 e onde vivem cerca de 555 mil habitantes. Destes, 63% residem em áreas rurais, ocupando cerca de 65 mil estabelecimentos rurais. Noventa e três por cento dos estabelecimentos são de base familiar. Quase 10% dos agricultores familiares da Bahia se acham no território, dos quais aproximadamente 68% são classificados como praticamente sem renda. O Índice de Desenvolvimento Humano Territorial é de 0,60. O sisal (Agave sisalana, Perrine) é a principal atividade econômica do território (102.890 hectares cultivados), seguida da pecuária extensiva (ovinos, caprinos e bovinos) e das culturas alimentares de subsistência (milho, feijão e mandioca). Mais recentemente outras atividades começam a despontar no cenário agrícola do território, como a caprinocultura leiteira, a apicultura e a cajucultura. O trabalho realizado durante os 180 dias da consultoria propiciou alguns resultados significativos, considerando as quatro distintas linhas de atividades previstas no projeto descritas adiante. Não houve maiores limitações à execução da missão. O apoio da chefia e de técnicos da Embrapa Semi-Árido foi total, merecendo citação especial o ambiente cooperativo e estimulador proporcionado pelo coordenador José Nilton Moreira e pelo técnico local Weliton Brandão.
Thesagro: Agricultura Familiar
NAL Thesaurus: Economics
Data Documento: 2010-07-12
Appears in Collections:Outras publicações (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AGROFUTUROrelatorioclovis.pdf403,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace