Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/812040
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Date Issued: 2005
Type of Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Authors: MATTOS, P. P. de
SALIS, S. M. de
Additional Information: PATRICIA POVOA DE MATTOS, CNPF; SUZANA MARIA DE SALIS, CPAP.
Title: Resultados preliminares do plantio do ginseng-do-Pantanal (Pfaffia glomerata) no Pantanal.
Publisher: Corumbá: Embrapa Pantanal, 2005.
Pages: 4 p.
Series/Report no.: (Embrapa Pantanal. Comunicado Técnico, 49).
Language: pt_BR
Keywords: Ginseng-do-pantanal.
Description: A demanda crescente mundial por medicamentos fitoterápicos tem despertado a atenção de muitos pesquisadores para plantas que possuam este potencial. O ginseng é uma das plantas que têm se pelo uso na medicina popular. No Brasil, são encontradas 21 espécies de ginseng do gênero Pfaffia que ocorrem em florestas e campos (Siqueira, 1988). Pfaffia paniculata, uma das espécies de ginseng, é utilizada como tônica, afrodisíaca e até antidiabética pela medicina popular (Oliveira et al., 1980). Pfaffia jubata é citada para cólicas e enterites (Siqueira, 1981). Já Pfaffia glomerata, o ginsengo-do-pantanal, tem indicação popular para melhora da visão e memória (Pott & Pott, 1994). Essas espécies já têm suas propriedades medicinais confirmadas com o isolamento de princípio ativo de suas raizes (Nakal et al., 1984; Nishimoto et al., 1988; Shiobara et al., 1993). O ginseng-do-pantanal, milagroso ou malva-branca, é uma espécie nativa do Pantanal, ocorrendo com freqüência regular, principalmente nas sub-regiões do Paraguai e Nabileque em solos argilosos ricos em cálcio e matéria orgânica (Pott & Pott, 1994). A espécie está adaptada aos ciclos de cheia e seca da região, apresentando grande plasticidade às mudanças ambientais, o que pode facilitar o seu aproveitamento e cultivo. Apesar do grande potencial econômico, os estudos com o ginseng não têm progredido a contento, devido às dificuldades encontradas para o cultivo, por exemplo, para Pfaffia paniculata o peso das raízes ficou muito baixa do esperado (Fáfia, 1987). No presente estudo foram avaliadas: a percentagem de germinação, a fenologia (época de brotação, floração e frutificação) e a curva de crescimento de mudas de Pfaffia glomerata transplantadas em área experimental na sub-região ou Pantanal do Paraguai.
Thesagro: Pfaffia Glomerata
Planta Medicinal.
NAL Thesaurus: Pantanal.
Data Documento: 2006-04-17
Appears in Collections:Comunicado Técnico (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
COT49.pdf171,77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace