Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/811021
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSANTOS, E. R.por
dc.contributor.authorTOMICH, T. R.por
dc.contributor.otherInstituto do Parque do Pantanal (Campo Grande, MS); Embrapa Pantanal (Corumbá, MS).por
dc.date.accessioned2013-03-20T23:36:03Z-
dc.date.available2013-03-20T23:36:03Z-
dc.date.created2004-04-12por
dc.date.issued2004por
dc.identifier.other53869por
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/811021por
dc.descriptionA pecuária de corte é a principal atividade econômica desenvolvida na região do Pantanal. É caracterizada pela forma extensiva de produção e pelo predomínio da fase de cria. De maneira geral, a atividade tem sido desenvolvida com baixa adoção de tecnologias e poucas alterações no ambiente original. A utilização de campos naturais, invernadas grandes e o baixo efetivo bovino por unidade de área são algumas das características que favoreceram a conservação da região. Contudo, o desempenho produtivo abaixo da média do Estado (Zimmer et al., 1998), a premente redução na área das propriedades e a queda na rentabilidade da atividade têm comprometido a eficiência econômica dessa forma de criação. Nos últimos anos, as dificuldades econômicas dos produtores têm sido crescentes e induziram a transformações nos modos de exploração da pecuária local. A introdução de grandes áreas de pastagens com forrageiras cultivadas (exóticas), a redução do tamanho das invernadas e o aumento da taxa de lotação são estratégias que têm sido utilizadas para incrementar a produtividade do rebanho pantaneiro. Entretanto, além de poderem comprometer a conservação ambiental da região, a viabilidade econômica e a sustentabilidade produtiva de tais ações ainda não foram mensuradas no Pantanal. Para estimular a forma extensiva de produção da pecuária na região, a equipe técnica do Parque Regional do Pantanal propôs o desenvolvimento do Vitelo Orgânico do Pantanal. Esta proposta objetiva agregar valor ao bezerro, principal produto da pecuária pantaneira, como uma alternativa economicamente conveniente à crescente demanda para o incremento na produtividade. Propõe-se que este vitelo seja um bovino (macho ou fêmea) criado em moldes orgânicos, pronto para o abate até os 12 meses de idade. Além dessas características, para ser abatido como Vitelo Orgânico do Pantanal, a indústria tem exigido animais com peso vivo superior a 180 kg e adequado acabamento na carcaça.por
dc.description.uribitstream/item/79502/1/COT32.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherCorumbá: Embrapa Pantanal, 2004.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Pantanal - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)por
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Pantanal. Comunicado Técnico, 32).por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectVitelopor
dc.subjectCalfpor
dc.subjectProduction.por
dc.titleAvaliação preliminar de desempenho e rendimento de carcaça de bezerros criados no Pantanal visando a produção de vitelos.por
dc.typeComunicado Técnico (INFOTECA-E)por
dc.date.updated2013-03-20T23:36:03Zpor
dc.subject.thesagroBezerropor
dc.subject.thesagroPecuáriapor
dc.subject.thesagroProdução.por
dc.subject.nalthesaurusPantanal.por
dc.format.extent24 p.por
dc.ainfo.id811021por
dc.ainfo.lastupdate2013-03-20por
Appears in Collections:Comunicado Técnico (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
COT32.pdf133,55 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace