Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/749071
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMELLOTO, A. M.por
dc.contributor.authorLAURA, V. A.por
dc.contributor.otherALEX MARCEL MELOTTO, UFMS; VALDEMIR ANTONIO LAURA, CNPGC.por
dc.date.accessioned2011-04-09T16:06:58Z-
dc.date.available2011-04-09T16:06:58Z-
dc.date.created2010-05-06por
dc.date.issued2009por
dc.identifier.other13151por
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/749071por
dc.descriptionA eficiência econômica e os impactos sociais e ambientais do atual modelo de agricultura têm sido questionados em muitos aspectos. Sistemas silvipastoris (SSPs) são sistemas de produção nos quais forrageiras e/ou animais e árvores são cultivados, simultânea ou sequencialmente, na mesma unidade de área. A ideia de integrar animais nas atividades florestais já existe em várias partes do mundo, principalmente na Ásia, África, América Central e alguns países da América Latina. Estudos demonstraram a lucratividade dos SSPs por meio da comparação de sistemas de monocultura de floresta, monocultura de pastagens e SSP com 250 e 416 árvores por hectare, e esse sistema apresentou as maiores taxas internas de retorno (TIR) do investimento efetuado, superando a renda líquida obtida nas monoculturas. Além dos benefícios econômicos, esses sistemas trazem benefícios ambientais, por meio da conservação do solo, alívio à pressão em remanescentes vegetais, melhoria nos ciclos de nutrientes, como C e N, alteração microclimáticas com amenização dos extremos, estagnação de processos erosivos, e também sociais pelo aumento da geração de emprego e distribuição da renda das propriedades rurais. De toda a gama de incrementos gerados pelos SSPs, os maiores beneficiados são, de fato, os animais que, quando criados em consórcio com árvores, gozam de melhor alimentação, mais proteção a intempéries climáticas e amenização das temperaturas, sofrendo assim menor estresse e produzindo produtos de melhor qualidade. Desta forma, sempre que tais sistemas forem bem delineados, desde a escolha das espécies até o modelo de implantação, sempre haverá grande chance de sucesso e consequente melhorias para a comunidade envolvida.por
dc.description.uribitstream/CNPGC-2010/13151/1/DOC178.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherCampo Grande, MS : Embrapa Gado de Corte, 2009.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Gado de Corte - Documentos (INFOTECA-E)por
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Gado de Corte. Documentos, 178).por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectSilvipastorilpor
dc.subjectArborização de pastagempor
dc.subjectPecuária sustentável.por
dc.titleSistemas silvipastoris para bovinos e ovinos.por
dc.typeDocumentos (INFOTECA-E)por
dc.date.updated2011-04-10T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroAgrossilviculturapor
dc.subject.thesagroBovinopor
dc.subject.thesagroOvino.por
dc.format.extent236 p.por
dc.ainfo.id749071por
dc.ainfo.lastupdate2010-10-07por
Aparece nas coleções:Série Documentos (CNPGC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DOC178.pdf5,18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace