Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/710894
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2009
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: SOARES, J. P. G.
AROEIRA, L. J. M.
DERESZ, F.
SALMAN, A. K. D.
Additional Information: João Paulo Guimarães Soares, Embrapa Agrobiologia; Luiz Januário Magalhães Aroeira, Embrapa Gado de Leite; Fermino Deresz, Embrapa Gado de Leite; Ana Karina Dias Salman, Embrapa Rondônia.
Title: Efeito da suplementação de concentrado sobre o consumo de capim-elefante picado, por vacas mestiças.
Publisher: Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2009.
Pages: 26 p.
Series/Report no.: (Embrapa Rondônia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 60).
Language: pt_BR
Keywords: Esvaziamento ruminal
Variáveis ruminais
Taxa de passagem.
Description: O consumo de matéria seca (MS) e o enchimento físico do rúmen foram avaliados em nove vacas Holandês x Zebu, secas, canuladas no rúmen mantidas em confinamento de acordo com um delineamento triplo Quadrado Latino (QL) 3 x 3, objetivando determinar o efeito da suplementação concentrada sobre o consumo de forragem. Os tratamentos foram: capim elefante picado sem concentrado; capim-elefante com 2 kg e com 4 kg de concentrado. Foram estimadas as taxas de passagem das partículas da FDN nos tamanhos: = 5,66 mm e = 2,38 mm, no rúmen e pós-rúmen, respectivamente. O consumo do capim sem suplementação (7,4 kg ou 1,38 % do PV) foi superior (P<0,05) àquele suplementado com 4 kg (6,6 kg ou 1,23 % do PV) de concentrado. O consumo de capim-elefante suplementado com 2 kg (7,2 kg ou 1,32 % PV) foi semelhante (P> 0,05) aos outros dois tratamentos. O consumo de MS total dos animais suplementados com 4 kg (10,3 kg ou 1,92 % do PV) foi superior (P<0,05) ao com 2 kg (9,0 kg ou 1,66 % do PV) de concentrado que, por sua vez, foi superior (P<0,05) ao capim sem suplementação (7,4 kg ou 1,38 % do PV). As taxas de passagem da FDN foram diferentes (P<0,05) apenas para o tamanho de partícula = 2,38 mm no rúmen e pós-rúmen. As taxas de passagem do tratamento com 4 kg (3,72 e 5,04 %/h) foi superior (P<0,05) ao capim sem suplementação (3,15 e 4,26 %/h) e a com 2 kg (3,37 e 4,6 %/h) de concentrado foi semelhante (P>0,05) aos outros dois tratamentos. Embora o fornecimento de concentrado tenha favorecido as variáveis e as taxas de passagem ruminais, houve um efeito associativo combinado entre o consumo de capim-elefante de 100 g/2 kg de suplemento.
Thesagro: Nutrição Animal
Planta Forrageira.
Data Documento: 2010-03-24
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
60capimelefante.pdf277,22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace