Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/709680
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2008
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: ROCHA, R. B.
VIEIRA, A. H.
SPINELLI, V. M.
VIEIRA JÚNIOR, J. R.
Additional Information: Rodrigo Barros Rocha, Embrapa Rondônia; Abadio Hermes Vieira, Embrapa Rondônia; José Roberto Vieira Júnior, Embrapa Rondônia.
Title: Avaliação das condições de temperatura e escarificação para a superação de diásporos de teca (Tectona grandis Linn. F.) provenientes do Estado de Rondônia.
Publisher: Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2008.
Pages: 19 p.
Series/Report no.: (Embrapa Rondônia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 57).
Language: pt_BR
Keywords: Tectona grandis Linn
F
Espécie Florestal Exótica
Espécie Florestal tropical.
Description: A germinação lenta e irregular diásporos de teca (Tectona grandis Linn. F.) é uma limitação para a produção de mudas. Embora métodos práticos estejam disponíveis poucos estudos quantificaram sistematicamente o efeito do aquecimento e da escarificação na quebra da dormência. O emprego de altas temperaturas na quebra de dormência pode ser realizado utilizando um coletor solar, aparelho de montagem simples que permite a captação da energia solar e transformação em energia calorífera. O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação dos fatores aquecimento e escarificação para a superação da dormência de diásporos de teca. Foi avaliado experimento em delineamento de fatorial completo com quatro níveis do fator aquecimento (A1 - solarizador, A2 - estufa a 80ºC (12h), A3 - estufa a 80ºC (4h/3dias), A4- sem aquecimento) e três níveis do fator escarificação (E1 - escarificação física, E2 - escarificação química e E3 - sem escarificação), totalizando 12 tratamentos com cinco repetições de 25 plantas por parcela. O teste F a 1% de probabilidade indicou a ocorrência de interação significativa entre os fatores aquecimento e escarificação, resultado da menor germinação dos frutos escarificados. O fator aquecimento afetou positivamente a germinação. O menor desempenho associado aos maiores custos e riscos para manipulação desencorajam a utilização da escarificação química na quebra de dormência em teca. A alternância de temperaturas favoreceu a germinação, sendo que o coletor solar mostrou-se uma alternativa prática, viável e de menor custo para a superar a dormência de diásporos de teca.
Thesagro: Dormência.
Data Documento: 2009-03-19
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bpd57teca.pdf276,96 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace