Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/543477
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Uva e Vinho - Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Date Issued: 2009
Type of Material: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Authors: KOVALESKI, A.
RIBEIRO, L. G.
Additional Information: ADALECIO KOVALESKI, CNPUV; Luiz Gonzaga Ribeiro, Epagri.
Title: Alternativas para o manejo da mosca-das-frutas.
Publisher: Agapomi, Vacaria, n. 177, p. 5, 2009.
Language: pt_BR
Keywords: Insto
Mosca-das-frutas
Description: Ao longo de vários anos de cultivo de maçã e outras fruteiras temperadas a mosca-das-frutas tem sido considerada como a mais importante praga e uma das mais difíceis de serem controladas. O grande número de hospedeiros alternativos distribuídos principalmente em áreas nativas oferecendo condições para a multiplicação da praga e a pouca disponibilidade de ferramentas para o seu controle colocam a mosca-das-frutas nesse patamar de importância econômica. Na região produtora de maçã dois hospedeiros são muito importantes: cereja-do-riogrande, guabiroba e goiaba serrana. A cereja-do-riogrande é a primeira fruta da primavera e a produção depende muito das condições climáticas da primavera. A guabiroba é uma fruta que começa a amadurece no início de dezembro e produz fruta durante todo o mês. Considerando o ciclo de vida a guabiroba vai produzir moscas prontas para atacar na pré-colheita e colheita da Gala. Já a goiaba serrana é a responsável por multiplicar a mosca-das-frutas em março/abril sendo que devido ao declínio da temperatura ocorre um alongamento da fase de larva e principalmente, da pupa que irá permanecer no solo durante o inverno, emergindo adultos no início da primavera. O volume de produção da goiaba serrana associado às condições climáticas do inverno irá definir o tamanho da população na primavera. Isso significa que com uma alta produção de frutos da goiaba serrana e um inverno longo e rigoroso haverá um forte ataque da mosca-das-frutas no início da frutificação da maçã. Também nos últimos anos a pesquisa estudou a ação de vários inseticidas oferecendo aos produtores, alternativas de manejo baseadas em controle químico. Por um longo tempo o manejo foi adotado e com excelentes resultados, no entanto, nos últimos anos a União Européia tem feito grandes mudanças com relação aos níveis de resíduos em frutas, reduzindo-os drastícamente. Os produtos mais afetados foram os que apresentavam-se como os mais recomendados para o controle da mosca-das-frutas como o Methidathion, Fenitrothion, Dimethoato, Phosmet. Isso tem obrigado os produtores de maçã e outras frutas a mudar totalmente as estratégias para controlar a praga e atender as exigências quarentenárias e de resíduos.
Thesagro: Fruticultura
Maçã
Manejo
Praga de Planta
Data Documento: 2009-02-12
Appears in Collections:Artigo de divulgação na mídia (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
106892009p.5.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace