Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/339503
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Documentos (INFOTECA-E)
Date Issued: 2007
Type of Material: Documentos (INFOTECA-E)
Authors: BALIEIRO, F. C.
DIAS, L. E.
FRANCO, A. A.
POLIDORO, J. C.
Title: A fumigação-extração na determinação do S na biomassa microbiana em solos brasileiros: revisão de literatura e estudo de caso.
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2007.
Language: pt_BR
Keywords: Fumigação - extração
Biomassa microbiana
Description: 1. Introdução Os estudos com S na agricultura brasileira se intensificaram a partir da década de oitenta, quando o Cerrado passou a ser a nova fronteira agrícola nacional. Por possuir solos predominantemente oxídicos, com cargas positivas em condições naturais (pH abaixo do ponto de carga zero), observa-se que são solos com elevada capacidade de adsorção de fosfato e sulfato (FONTES et al., 1982; ALVAREZ VIEGAS, 1988; ALVAREZ VIEGAS, 2000; RIBEIRO JÚNIOR et al., 2001). Assim, vários autores relatam que a adição de formulações concentradas em macronutrientes primários (N-P2O5-K2O) e exportações consideráveis de nutrientes via colheita levam à deficiência induzida de S e, consequentemente a respostas positivas à adubação sulfatada a diversas culturas (MUZILLI, 1981; GOEPFERT, 1981; FONTES et al., 1982; VITTI et al., 1988; VAN RAIJ, 1991). A matéria orgânica nesses solos é responsável por grande parte de sua CTC, agregação e, consequentemente, movimentação de água no perfil, além de ser reserva considerável de nutrientes. Sua dinâmica no solo é impulsionada por fatores inerentes à sua qualidade (OBLESBY; FOWNES, 1992; MARTENS et al., 2000; CHOWDHURY et al., 2000; MARTENS et al., 2000), ao clima (principalmente temperatura e precipitação – THOMAS; ASAKAWA, 1993, LEITE, 1996; LANDSBERG; GOWER, 1997; BENITES et al., 2005), manejo e composição (espécie, espaçamento etc.) do plantio (REIS et al., 1987; NATELHOFFER; FRY, 1988; LEITE et al., 1998; SISTI et al., 2004; JANTALIA et al., 2007) e pela própria biota nativa (ALEXANDER, 1977). Sendo assim, a população microbiana do solo, por meio de seu metabolismo ou catabolismo, excreção enzimática ou pela sua própria morte, representam agentes transformadores desses resíduos e também fontes de nutrientes às plantas. Mais recentemente, autores vêm atribuindo à textura, à mineralogia e ao grau de agregação dos solos parte da responsabilidade daquilo que pode ser transformado e estocado em termos de C nos agroecossistemas (HASSINK et al., 1997; DENEF et al., 2007).
Data Documento: 2008-02-22
Appears in Collections:Série Documentos (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
doc99fumigacaoextracao.pdf270,45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace