Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/338264
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCHAGAS, C. da S.pt_BR
dc.contributor.authorCARVALHO JUNIOR, W. dept_BR
dc.contributor.authorPEREIRA, N. R.pt_BR
dc.contributor.authorZARONI, M. J.pt_BR
dc.contributor.authorBHERING, S. B.pt_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2004-10-13pt_BR
dc.date.issued2001pt_BR
dc.identifier.citationRio de Janeiro: Embrapa Solos, 2001.pt_BR
dc.identifier.issn1517-2627pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/338264pt_BR
dc.descriptionA avaliação do potencial pedoclimático do Estado do Paraná para a cultura da soja tem por objetivo possibilitar o conhecimento da aptidão das terras do estado para esta cultura, dando condições para uma melhor planificação das atividades ligadas à cadeia produtiva desta cultura, como: assistência técnica, pesquisa e experimentação agrícola, entre outras. Na elaboração deste estudo, utilizou-se como materiais básicos as informações contidas no Levantamento de Reconhecimento dos Solos do Estado do Paraná e as informações sobre a aptidão climática da cultura contidas no Zoneamento agroclimático da cultura da soja no Paraná. Para a elaboração do mapa final, foram utilizados os seguintes softwares de sistemas de informação geográfica: SGI/VGA da Engespaço, para digitalização da base cartográfica e mapas temáticos, e Arc/Info e ArcView da Environmental Systems Research Institute, no tratamento e processamento dos dados. Os resultados obtidos com a avaliação da aptidão pedoclimática das terras demonstram que as terras enquadradas na classe de aptidão pedoclimática Preferencial perfazem 49% da área estadual (equivalente à 9.793.645ha), seguido pela classe de aptidão pedoclimática Não recomendada, com 6.43.803ha e classe Tolerada com 1.741.037ha.. Dentre as mesorregiões do estado, as que apresentam os maiores percentuais de terras com potencial são as mesorregiões Norte Central, Oeste e Centro Sul. Os Municípios de Guarapuava, Cascavel, Londrina, Tibagi, Pitanga, Ponta Grossa, Toledo, Castro, Telêmaco Borba, Palmeira, Pinhão, São Mateus do Sul e Assis Chateaubriand, nesta ordem, são os que mais se destacam quanto ao potencial para o cultivo da soja no estado.pt_BR
dc.format1 CD-ROM.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Solos. Documentos, 37).pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.titleZoneamento pedoclimático do Estado do Paraná para a cultura da soja.pt_BR
dc.typeFolhetospt_BR
dc.date.updated2017-05-26T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroAptidão climáticapt_BR
dc.subject.thesagroSojapt_BR
dc.subject.thesagroZoneamento Climáticopt_BR
dc.description.notesAcompanha 1 mapa, color. Mapa do zoneamento pedoclimático do Estado do Paraná para a cultura da soja: cultivares de ciclo tardio e precoce.pt_BR
dc.format.extent234 p.pt_BR
riaa.ainfo.id338264pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2017-05-26pt_BR
dc.contributor.institutionCESAR DA SILVA CHAGAS, CNPS; WALDIR DE CARVALHO JUNIOR, CNPS; NILSON RENDEIRO PEREIRA, CNPS; MARIA JOSE ZARONI, CNPS; SILVIO BARGE BHERING, CNPS.pt_BR
Appears in Collections:Série Documentos (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
doc372001zonsoja.pdf8,24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace