Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/327153
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Corte - Documentos (INFOTECA-E)
Date Issued: 2004
Type of Material: Documentos (INFOTECA-E)
Authors: MIRANDA, P. de A. B.
FERNANDES, C. E. dos S.
MORAES, S. da S.
OLIVEIRA, A. R. de
LOPES, S. da C. P.
AMARAL, T. B.
Title: Morfometria da cabeça espermática em touros Nelore submetidos a deficiência de zinco na dieta.
Publisher: Campo Grande, MS : Embrapa Gado de Corte, 2004.
Pages: 28 p.
Series/Report no.: (Embrapa Gado de Corte. Documentos, 147).
Language: pt_BR
Keywords: Morfometria
Cabeça espermática.
Description: Touros jovens da raça Nelore (n=6) foram mantidos em pasto formado de Brachiaria brizantha desde a desmama em dietas com diferentes níveis de zinco. Foram formados aleatoriamente dois grupos que receberam diariamente, durante dois anos, diferentes concentrações de zinco no sal mineral: T1 (n=4), os animais não receberam suplemento com zinco e T2 (n=2), 60 mg/kg/dia de Zn inorgânico suplementar. A concentração de Zn na pastagem variou de 17,8 (águas) a 12,8 mg/kg (seca), respectivamente. A partir dos 14 meses de idade, os animais foram submetidos quinzenalmente a exame de sêmen e colheita de sangue. A morfologia espermática foi estimada, incluindo a mensuração da cabeça espermática a partir de esfregaços coradas pelo método de Fuelgen, em imagens captadas digitalmente e processadas pelo software Kontron Eletronik Imaging System, KS 400-2.0. A concentração de zinco no plasma foi dosada por spectrofotometria de absorção atômica. Os resultados mostraram que os touros do T1 tiveram qualidade seminal inferior (P<0,05) em relação ao T2. Observou-se variação das características seminais em função da data da colheita, evidenciando efeito estacional sobre a qualidade do sêmen. Os defeitos mais encontrados foram de peça intermediária e cauda. A concentração de Zinco (Zn) na circulação sangüínea foi maior (P<0,01) no T1 em comparação ao T2 (0,72 ±0,01 x 0,66 ±0,01, respectivamente). A área da cabeça espermática de espermatozóides morfologicamente normais e com defeitos de cabeça, peça intermediária e cauda foi maior (P<0,01) para os touros do T1 em relação aos do T2. Ademais, espermatozóides com fragmentação nuclear apresentaram forma mais alongada quando comparados àqueles sem alterações morfológicas. As correlações encontradas sugerem a importância do Zn na qualidade seminal, especialmente pelos efeitos deletérios que sua deficiência (subclínica) causa na morfologia espermática.
Thesagro: Dieta
Nutrição Animal
Touro
Zinco.
Data Documento: 2009-08-17
Appears in Collections:Série Documentos (CNPGC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Doc147.pdf323,54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace