Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/156410
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMANTOVANI, L. E.
dc.contributor.authorRICHÉ, G. R.
dc.contributor.otherLUIZ EDUARDO MANTOVANI, CPATSA; GILLES ROBERT RICHÉ, CPATSA.
dc.date.accessioned2018-07-10T00:13:55Z-
dc.date.available2018-07-10T00:13:55Z-
dc.date.created2005-11-21
dc.date.issued1983
dc.identifier.other32429
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/156410-
dc.descriptionAs condições de diaclasamento, no setor N, da Serra da Santa, oferecem possibilidades interessantes ã prospecção de água no cristalino nesta parte do município de Petrolina. O maciço rochoso que constitui a serrania situada a NE de Petrolina, se apresenta como um bloco de falha de natureza magmática gradando para núcleos granitizados que sustentam as porções mais elevadas dos relevos. Estes relevos possuem feições do tipo "inselberg", apesar de apresentarem alguns entalhes no piedmonte. A falha de deslocamento horizontal dextrógira situada ao norte do bloco de falha, destaca-se nitidamente nas imagens de satélite observadas sobretudo, pelo contraste de litologias justapostas: migmatitico da Serra da Santa pertencentes ao Complexo Migmatitico granitóide basal ao sul e biotita-xisto a duas micas incluindo quartztos do grupo Salgueiro (Pré-Cambriano Superior) ao norte do primeiro tipo de rocha, desenvolvem-se associações de solos onde predominam Areias Quartzosas, Planossolos e Solonetz Solodizado enqunto, os Bruno-Não-cálcicos e Podzólico-Verrnelho fase pedregosa do minam sobre o segundo. Esta falha de orientação NWW-SEE (N600), se prolonga na margem direita do rio são Francisco. No lado Pernarnbuca na zona de falha se apresenta sob cobertura detritica alúvio-coluvial. Após visualização, em imagem de satélite, foi realizado um reconhecimento de campo no setor. Nesta ocasião constatou-se a existência de um poço da Prefeitura de Petrolina perfurado na zona de falha, com profundidade de 36m e nível freático rebatido para 15m. Este poço estava equipado com uma bomba acionada por catavento, oferecendo um débito em torno de 3001/h de água potável, de sabor ligeiramente amargo própria, porém para consumo animal e humano. A presença do poço atesta o potencial aquífero, desta zona de falha, que além de receber águas do fluvial representado pela Serra da Santa, Serra do Capim e da rede de diaclases associadas, deve ainda contar com um aporte do próprio rio, através do setor do falhamento que corta o curso do são Francisco. A natureza torrencial das precipitações pliviométricas na região também favorece a concentração preferencial do armazenamento de diaclases situadas em posição inferior no relevo. Em conclusão, deve ser ressaltado que este potencial merece ser aproveitado através da perfuração de novos poços que melhor explorem o aquífero associado a zona da fraturamento.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/179532/1/FL-05781.pdfpt_BR
dc.formatil.
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherPetrolina: EMBRAPA-CPATSA, 1983.
dc.relation.ispartofEmbrapa Semiárido - Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E)
dc.subjectPernambuco
dc.subjectPetrolina
dc.subjectSerra da Santa.
dc.titleCondições de armazenamento de água subterrânea em aquíferos na zona da Serra da Santa, Município de Petrolina- PE.
dc.typeFôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E)
dc.date.updated2018-07-18T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroRecurso natural
dc.subject.thesagroArmazenamento
dc.subject.thesagroPoçopt_BR
dc.subject.thesagroÁguas Subterrâneas.pt_BR
dc.subject.nalthesaurusWater
dc.subject.nalthesaurusGroundwaterpt_BR
dc.subject.nalthesaurusGroundwater extractionpt_BR
dc.subject.nalthesaurusGroundwater flow.pt_BR
dc.format.extent23 p.
dc.ainfo.id156410
dc.ainfo.lastupdate2018-07-18 -03:00:00
Appears in Collections:Folder / Folheto / Cartilha (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FL05781.pdf2,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace