Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1126603
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBORGHI, E.
dc.contributor.authorSILVA, G. F. da
dc.contributor.authorCALONEGO, J. C.
dc.contributor.authorPARRELLA, R. A. da C.
dc.contributor.authorANTONIO, M. S.
dc.contributor.otherEMERSON BORGHI, CNPMS; Gustavo Ferreira da Silva, Aluno, pós-graduação em Agronomia, UNESP; Juliano Carlos Calonego, Professor da Faculdade de Ciências Agronômicas, UNESP; RAFAEL AUGUSTO DA COSTA PARRELLA, CNPMS; Matheus Simões Antonio, Aluno, graduação em Engenharia Agronômica, UNESP.
dc.date.accessioned2020-11-17T09:07:09Z-
dc.date.available2020-11-17T09:07:09Z-
dc.date.created2020-11-16
dc.date.issued2020
dc.identifier.other29425
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1126603-
dc.descriptionO sorgo biomassa BRS 716 é conhecido pelo alto potencial de produção de biomassa e pela tolerância à seca. Pode ser uma opção de cultivo de outono-inverno para produção de forragem ou para produção de palha no Sistema Plantio Direto (SPD) em áreas de sequeiro, com possíveis respostas à adubação nitrogenada, dependendo do sistema de manejo do solo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de biomassa de sorgo cultivar BRS 716 em sistema de preparo convencional do solo (SPC) e em SPD com diferentes doses de nitrogênio, assim como o efeito na produtividade da soja em sucessão, cultivada sobre a palhada de sorgo. O experimento foi conduzido na Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu-SP. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram constituídas por dois sistemas de manejo do solo de longa duração: SPD e SPC. O sorgo BRS 716 foi cultivado no outono-inverno de 2019, e a soja foi cultivada na safra verão 2019-2020. As subparcelas foram compostas pela ausência ou presença adubação nitrogenada nas doses de 50 ou 100 kg ha-1 durante o cultivo de sorgo na safra de outono-inverno, no ano de 2019. Foram avaliadas as produtividades de biomassa seca de sorgo no pendoamento e de biomassa seca e úmida no estádio de grão pastoso. A biomassa de palhada seca sobre o solo foi avaliada no florescimento da soja. A produtividade de grãos de soja foi avaliada corrigindo-se o teor de água para 130 g de água kg-1. Com 50 e 100 kg de N ha-1 no SPC e SPD, respectivamente, houve produtividades acima de 6.000 kg ha-1 de biomassa seca no estádio de pendoamento, mesmo com apenas 87 mm de chuva acumulada, viabilizando esta espécie com potencial para compor rotação de culturas para a sustentabilidade do SPD. As maiores produtividades de biomassa de sorgo no estádio de grão pastoso ocorreram em SPD na dose de 50 kg de N ha-1, porém, na dose de 100 kg de N ha-1, houve as maiores produtividades da soja em sucessão. O cultivo de sorgo com 50 kg de N ha-1 permitiu uma cobertura do solo acima de 5.000 kg ha-1 de palha no florescimento pleno da soja em sucessão.
dc.description.uribitstream/item/217845/1/Bol-216.pdf
dc.languagePortugues
dc.language.isopt_BR
dc.publisherSete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2020.
dc.relation.ispartofEmbrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
dc.relation.ispartofseries(Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 216).
dc.titleSorgo biomassa BRS 716 para produção de forragem e palha em sistema de plantio direto e preparo convencional com soja.
dc.typeBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
dc.subject.thesagroSorghum Bicolor
dc.subject.thesagroSistema de Cultivo
dc.subject.thesagroRotação de Cultura
dc.subject.thesagroGlycine Max
dc.subject.thesagroCobertura do Solo
dc.format.extent225 p.
dc.ainfo.id1126603
dc.ainfo.lastupdate2020-12-22 -02:00:00
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bol-216.pdf3,31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace