Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1100348
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 29-Nov-2018
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: DIAS FILHO, M. B.
FREITAS, M. V. de
LOPES, M. J. dos S.
CRUZ, E. D.
BARRIOS, S. C. L.
VALLE, C. B. do
Informaçães Adicionais: MOACYR BERNARDINO DIAS FILHO, CPATU; Mayane Vilhena de Freitas, ENGENHEIRA AGRÔNOMA; Monyck Jeane dos Santos Lopes, ENGENHEIRA AGRÔNOMA; ENIEL DAVID CRUZ, CPATU; SANZIO CARVALHO LIMA BARRIOS, CNPGC; CACILDA BORGES DO VALLE, CNPGC.
Título: Tolerância relativa de híbridos de Brachiaria decumbens ao alagamento do solo.
Fonte/Imprenta: Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2018.
Páginas: 23 p.
Série: (Embrapa Amazônia Oriental. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 127).
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O comportamento de dez híbridos de Brachiaria decumbens (B001, R041, R120, S013, S016, T016, X009, X019, X044 e X079) ao excesso de água no solo foi comparado, durante 30 dias, em plantas cultivadas em vasos, sob alagamento ou em solo bem drenado. A redução percentual média na taxa de alongamento foliar, nas plantas alagadas, foi máxima nos híbridos X009 e S016. O decréscimo no índice SPAD, em resposta ao alagamento do solo, foi maior nos híbridos B001, X019, S013 e X009 e menor no híbrido R120. A produção de massa seca da parte aérea, em plantas alagadas, foi menor nos híbridos S013, S016, T016, X044 e X079, não tendo sido possível encontrar diferenças entre tratamentos na produção de massa seca dos demais híbridos. A redução de vigor da planta, em resposta ao alagamento, foi maior nos híbridos S013 e S016. Apenas nos híbridos R041, T016 e X019 não foi possível encontrar diferença de vigor entre plantas alagadas e não alagadas. Em todos os híbridos avaliados foi observada a produção de raízes adventícias, no entanto, nos híbridos S013 e S016 houve tendência de menor produção dessas raízes. Os híbridos avaliados diferem quanto à tolerância relativa ao alagamento do solo: R041 e X019 são os mais tolerantes; T016 e R120 apresentam tolerância média; B001 e X009 têm tolerância baixa e X044, X079, S013 e S016 apresentam tolerância muito baixa ao alagamento do solo.
Thesagro: Brachiaria Decumbens
Gramínea Forrageira
Solo
Solo Inundado
Relação Solo-Planta
Ano de Publicação: 2018
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TC1518BPDV04.pdf5,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace