Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1099689
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Milho e Sorgo - Documentos (INFOTECA-E)
Data do documento: 2018
Tipo do Material: Documentos (INFOTECA-E)
Autoria: PAIVA, C. A. O.
MATTOS, B. B.
GOMES, E. A.
MARRIEL, I. E.
LANA, U. G. de P.
SILVA, U. C. da
SANTOS, V. L. dos
Informaçães Adicionais: CHRISTIANE ABREU DE OLIVEIRA PAIVA, CNPMS; BIANCA BRAZ MATTOS, CNPS; ELIANE APARECIDA GOMES, CNPMS; IVANILDO EVODIO MARRIEL, CNPMS; UBIRACI GOMES DE PAULA LANA, CNPMS; Ubiana de Cássia Silva; Vera Lúcia dos Santos, Universidade Federal de Minas Gerais.
Título: Inoculantes de microrganismos promotores de crescimento em milho: transferindo a diversidade do laboratório para o campo.
Fonte/Imprenta: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2018.
Páginas: 20 p.
Série: (Embrapa Milho e Sorgo. Documentos, 227).
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O milho é uma commoditie com grande volume de produção no mundo. No entanto, o sistema de produção dessa cultura é ainda altamente dependente de insumos químicos, particularmente em solos tropicais, onde fatores de estresses abióticos relacionados à fertilidade do solo limitam o crescimento e a produção vegetal. Tendo isso, a manutenção e/ou o aumento da competitividade dessa commoditie depende de inovações tecnológicas que permitam a sustentabilidade com a exploração de parâmetros como redução dos custos de produção, dos impactos ambientais e do uso de fontes não renováveis de energia. Diante desse cenário, o desenvolvimento de bioprodutos com aplicação na agricultura tem ganhado força, baseado na produção de insumos de base biológica que podem ser divididos em biofertilizantes, inoculantes e produtos utilizados no biocontrole de pragas e doenças. Países como Argentina, Canadá, África do Sul, Índia, Austrália, Filipinas, Estados Unidos e Brasil abraçaram estas tecnologias e têm investido nesta linha de bioprodutos visando reduzir o uso indiscriminado de agroquímicos e crescer a oferta de produtos que aumentem a tolerância das plantas a estresses de forma eficiente. Prosseguir com sucesso, do laboratório à escala industrial e no campo, é um dos principais desafios para o uso dos bioprodutos. Nem sempre os resultados promissores obtidos em bancadas são reproduzidos no campo, por causa da alta complexidade das interações inoculante-planta e inoculante-microbiota do solo. Com este desafio, cresce a demanda por novos produtos, microrganismos e rotas biotecnológicas capazes de suprir lacunas referentes ao desenvolvimento de inoculantes com fins agrícolas mais eficazes.
Thesagro: População Microbiana
Inoculante
Microbiologia do Solo
Fertilizante
Ano de Publicação: 2018-11-20
Aparece nas coleções:Série Documentos (CNPMS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
doc227.pdf1,81 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace