Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1098538
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Gado de Corte - Documentos (INFOTECA-E)
Data do documento: 30-Out-2018
Tipo do Material: Documentos (INFOTECA-E)
Autoria: CARDOSO, E. E.
PEREIRA, M. de A.
COSTA, F. P.
Informaçães Adicionais: EDSON ESPINDOLA CARDOSO, CNPGC; MARIANA DE ARAGAO PEREIRA, CNPGC; FERNANDO PAIM COSTA, CNPGC.
Título: Custo das cultivares forrageiras lançadas pela Embrapa Gado de Corte: metodologia e resultados.
Fonte/Imprenta: Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte, 2018
Série: (Embrapa Gado de Corte. Documentos, 256).
Idioma: pt_BR
Conteúdo: A Embrapa Gado de Corte, em atendimento à sua missão, tem ao longo de sua história disponibilizado grande número de produtos, processos e serviços, contribuindo significativamente para o desenvolvimento da cadeia produtiva da pecuária de corte. Tais contribuições, difundidas desde a década de 1970, referem-se a diversos componentes dos sistemas de produção e de outros elos da cadeia produtiva, merecendo destaque o lançamento de novas cultivares forrageiras. Este tipo de produto tem causado enorme impacto no setor, dado que o recurso básico da bovinocultura de corte brasileira é a pastagem cultivada, dominante em todos os biomas brasileiros, com exceção do Pampa, Pantanal e Ilha de Marajó. A cultivar Marandu, por exemplo, lançada pela Embrapa Gado de Corte em 1984, está presente em pelo menos 50% das pastagens introduzidas nos Cerrados brasileiros. Além disso, as forrageiras lançadas têm tido suas sementes exportadas para outras áreas tropicais do globo, colaborando para a balança comercial brasileira. Naturalmente, os frutos da pesquisa têm sua contrapartida em custos, cujo conhecimento é fundamental para medir o retorno dos investimentos em capital financeiro, humano e social, necessários para obtenção de novas tecnologias e produtos. Esses números subsidiam os processos de gestão da ciência aplicada ao meio rural, incluindo as questões mercadológicas que afetam as organizações públicas, mesmo que numa menor escala quando comparadas ao setor privado. Considerando a relevância do impacto do lançamento de novas cultivares forrageiras, enfatizado acima, realizou-se o presente trabalho, com o objetivo de quantificar o custo de seu desenvolvimento sob a liderança da Embrapa Gado de Corte. Gramíneas dos gêneros Brachiaria e Panicum, e a leguminosa Stylosanthes spp. tiveram, então, seus custos de geração tabulados e analisados, sendo esses dados apresentados como resultado do presente trabalho. Dada a inexistência de um marco metodológico aplicado especificamente ao cálculo dos custos de cultivares forrageiras, procurou-se descrever em detalhes o método aqui empregado, incluindo a definição precisa dos conceitos usados, dos pressupostos estabelecidos e dos artifícios de cálculos requeridos nessa complexa tarefa. Espera-se que essa descrição possa contribuir para as discussões sobre o tema, bem como para subsidiar ações análogas ao caso aqui exposto.
Thesagro: Brachiaria
Melhoramento Genético Vegetal
Planta Forrageira
Transferência de Tecnologia
Ano de Publicação: 2018
Aparece nas coleções:Série Documentos (CNPGC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Custodascultivaresforrageiras.pdf2,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace