Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1097291
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Gado de Leite - Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E)
Data do documento: 11-Out-2018
Tipo do Material: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E)
Autoria: CARVALHO, G. R.
ROCHA, D. T. da
CARNEIRO, A. V.
Informaçães Adicionais: GLAUCO RODRIGUES CARVALHO, CNPGL; DENIS TEIXEIRA DA ROCHA, CNPGL; ALZIRO VASCONCELOS CARNEIRO, CNPGL.
Título: INDICADORES: LEITE E DERIVADOS, v. 9, n. 83, 2018.
Fonte/Imprenta: Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, out. 2018.
Páginas: 16 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: ICP/LEITE
Indicadores de leite
Plataforma
Conteúdo: Após sete meses de alta, os preços do leite pagos ao produtor caíram em setembro. Nesse último mês, o leite ao produtor fechou cotado a R$1,59 na média nacional, queda de 4,37% em relação ao mês anterior. Mesmo com essa queda nacional, os preços atuais do leite ainda estão 33,4% mais altos que os valores pagos no mesmo mês de 2017. Dos Estados pesquisados apenas Bahia manteve a trajetória de aumentos, mas em contrapartida, apresenta o menor valor nominal pago pelo leite (R$1,44). A relação de troca continua preocupando o produtor. Apesar de pequena queda no preço do milho, o farelo de soja voltou a subir, e com a queda no preço do leite, a relação de troca litros de leite / quilo de concentrado subiu 4,5% em setembro, sendo necessários 34,4 litros de leite para aquisição de uma saca de 60 kg. No mesmo mês do ano anterior eram necessários 32,5 litros. O custo de produção, medido pelo ICPLeite/Embrapa, também aumentou, alta de 0,68% em setembro, na comparação mensal. Já na comparação com o mesmo mês de 2017, o índice de custo de julho está 16,68% maior. No varejo, o preço do leite UHT continua em queda, sendo esta última (- 5,82%) mais intensa que a registrada em agosto (- 3,48%). Mesmo com esse recuo, os preços do último mês ficaram 25,26% maiores que os valores praticados em setembro de 2017. Na balança comercial, as importações brasileiras de leite e derivados em setembro superaram os valores negociados no mesmo mês de 2017 em 13,5%. Por outro lado, as exportações registraram queda de 2,1%. No acumulado do ano, as importações e exportações estão menores que no mesmo período do ano anterior. Esses dados estão apresentados no boletim mensal de INDICADORES LEITE E DERIVADOS da Plataforma de Inteligência Intelactus. Na edição de outubro de 2018 veja também os dados por Estado da Pesquisa Pecuária Municipal divulgados recentemente pelo IBGE, que mostram que a produção total de leite em 2017 caiu 0,5%, com forte queda no número de vacas ordenhadas (-13,3%), resultando em aumento considerável na produtividade (+14,7%).
Thesagro: Leite
Ano de Publicação: 2018
Aparece nas coleções:Folder / Folheto / Cartilha (CNPGL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Indicadoresleite83out.pdf1,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace