Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1090509
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Issue Date: 2018
Type of Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Authors: SOUZA, A. V. de
KIILL, L. H. P.
Additional Information: ANA VALERIA VIEIRA DE SOUZA, CPATSA; LUCIA HELENA PIEDADE KIILL, CPATSA.
Title: Como produzir mudas de alecrim-do-mato (Lippia grata Schauer Verbenaceae).
Publisher: Petrolina: Embrapa Semiárido, 2018.
Pages: 4 p.
Series/Report no.: (Embrapa Semiárido. Instruções Técnicas, 133).
Language: pt_BR
Keywords: Alecrim do mato
Lippia grata Schauer
Planta da Caatinga
Native vegetation
Produce seedlings
Description: Alecrim-do-mato, da chapada, de tabuleiro ou de vaqueiro são os nomes populares de Lippia grata Schauer (Verbenaceae). Esta espécie é endêmica do Brasil, com ocorrência na Caatinga, Campo rupestre e Cerrado. Sua presença é registrada em todos os estado do Nordeste, exceto Alagoas. A espécie apresenta porte arbustivo, podendo alcançar até 2 m de altura, com caule quebradiço e ramificado desde a base, folhas simples com borda serrilhada e flores brancas, tubulares, reunidas em inflorescência do tipo espiga. As flores de L. grata abrem-se no início da manhã, quando exalam um odor adocicado. Para a produção de mudas de alecrim-domato, podem ser usadas estacas apicais e subapicais (medianas).
Thesagro: Caatinga
Vegetação nativa
Muda
Estaca
Verbenaceae
Year: 2018-04-12
ISSN: 1809-0001
Appears in Collections:Comunicado Técnico (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INT133.pdf9,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace