Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1078131
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pesca e Aquicultura - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 25-Out-2017
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: EVANGELISTA, B. A.
SILVA, F. A. M. da
SIMON, J.
CAMPOS, L. J. M.
VALE, T. M. do.
Informaçães Adicionais: BALBINO ANTONIO EVANGELISTA, CNPASA; FERNANDO ANTONIO MACENA DA SILVA, CPAC; JONES SIMON, CNPASA; LEONARDO JOSE MOTTA CAMPOS, CNPSO; TELMA MARIA DO VALE, mestranda Universidade Federal do Tocantins.
Título: Zoneamento de risco climático para determinação de épocas de semeadura da cultura da soja na região MATOPIBA.
Fonte/Imprenta: Palmas: Embrapa Pesca e Aquicultura, 2017.
Páginas: 44 p.
Série: (Embrapa Pesca e Aquicultura. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 18).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Geoprocessamento
Modelagem agroclimática
Região Matopiba
Risco climático
Conteúdo: A agricultura de sequeiro, como atividade produtiva rentável e sustentável, é extremamente dependente das condições ambientais, especialmente da oferta climática, e exige cada vez mais o uso de técnicas e práticas modernas de cultivo. Neste contexto, este estudo teve como objetivos delimitar as áreas de riscos climáticos e indicar a época de semeadura da cultura da soja com baixos riscos para cada município da Região MATOPIBA, designada e delimitada por parte dos municípios que pertencem ao Estado do Maranhão, todo o Estado do Tocantins e também por parte dos municípios que compõem os estados do Piauí e Bahia, considerando o ciclo do cultivar e o tipo de solo. Para isso, utilizou-se o Systeme d'Analyse Regionale des Risques Agroclimatiques - SARRA, que simula o desenvolvimento da planta em função do consumo de água e da disponibilidade hídrica do solo. Ao SARRA foram incorporados dados e informações de clima, como precipitação pluvial e evapotranspiração de referência ETp; da cultura, como o coeficiente de cultura (Kc), da duração do ciclo e respectivas fases fenológicas, da profundidade das raízes e dos solos - como RUMax de35 mm para os Solos Tipo 1 ? textura arenosa, de 55 mm para os Solos Tipo 2 ? textura média; e de 75 mm para os Solos Tipo 3 ? textura argilosa. Foram simuladas semeaduras para períodos decendiais e obtidos os índices de satisfação das necessidades de água (ISNA) estimados pela razão entre a evapotranspiração real (ETR) e a evapotranspiração máxima da cultura (ETM) para as fases de semeadura-emergência e floração-enchimento de grãos, e resultados da análise frequencial para frequência de ocorrência de 80% dos índices. Os ISNAs foram georreferenciados por meio de latitude e longitude e incorporados ao sistema de informações geográficas (SPRING/INPE). Por meio de estimadores espaciais e de funções de álgebras de mapas, foram elaborados nove mapas contendo os períodos de semeadura representativos dos diferentes grupos de cultivares e de tipos de solos. O método utilizado neste estudo permitiu delimitar áreas de baixos riscos e nestas, indicar os períodos de semeadura da soja para cada município da região MATOPIBA. Os períodos de semeadura variaram entre 01 de outubro e 31 de janeiro, com janelas maiores para a soja precoce semeada em solos argilosos, bem como maiores restrições ou ausência de datas de semeadura ocorreram em municípios localizados na metade direita da região oeste da Bahia e extremo sul do Piauí, especialmente em solos arenosos.
Thesagro: Soja
Zoneamento agrícola
Época de semeadura
Seguro rural
Modelo de simulação
Ano de Publicação: 2017
ISSN: 2358-6273
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPASA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CNPASA2017bpd18.pdf11,4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace