Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1064394
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2016
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: CALAZANS, G. M.
PAIVA, C. A. O.
CRUZ, J. C.
MATRANGOLO, W. J. R.
MARRIEL, I. E.
Additional Information: Giovanna Moura Calazans, Bolsista; CHRISTIANE ABREU OLIVEIRA PAIVA, CNPMS; JOSE CARLOS CRUZ, CNPMS; WALTER JOSE RODRIGUES MATRANGOLO, CNPMS; IVANILDO EVODIO MARRIEL, CNPMS.
Title: Eficiência simbiótica de isolados de rizóbios noduladores de Cratylia argentea, no bioma Cerrado.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2016.
Pages: 24 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 149).
Language: pt_BR
Description: Cratylia argentea é uma leguminosa de porte arbustivo, com grande potencial forrageiro e possui elevada resistência à seca e a solos ácidos. Nativa do Cerrado, essas características lhe conferem grande potencial para recuperação de áreas degradadas neste bioma. Todavia, ainda são raros os trabalhos de seleção de estirpes de rizóbios eficientes na fixação biológica de nitrogênio (FBN) para a espécie. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi isolar estirpes de rizóbios noduladores na C. argentea em solo de Cerrado, caracterizá-las morfologicamente e selecionar as mais eficientes em fixação de nitrogênio. Foram coletados nódulos de C. argentea com 12 meses de idade, cultivada em solo de cerrado, em casa de vegetação. Destes nódulos, obtiveram-se 25 estirpes, com diferentes características morfológicas e simbióticas. Estas estirpes foram inoculadas no plantio da C. argentea em potes de 5 kg de solo de cerrado, em casa de vegetação. Os tratamentos consistiram de 25 isolados, controle (sem N e sem inoculação) e adubação nitrogenada (5 mg N/planta/semana), em quatro repetições. Após 150 dias do plantio, as plantas foram coletadas para avaliar o número e a massa seca de nódulos e a massa seca e concentração de nitrogênio da parte aérea e raízes. Foram calculadas as eficiências de fixação de nitrogênio relativas e simbióticas. As maiores eficiências simbióticas (aproximadamente 20%) foram apresentadas pelas estirpes 4 e 22, o que indica que estas estirpes apresentam potencial para formulação de inoculantes para otimizar o processo simbiótico rizóbio-Cratylia.
Thesagro: Biologia do solo
Fixação de nitrogênio
Leguminosa
Data Documento: 2017-02-16
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol149.pdf793,18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace