Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1063611
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2016
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: GOMES, E. A.
OLIVEIRA, C. C. A. de
LANA, U. G. de P.
PAIVA, C. A. O.
GUIMARAES, L. J. M.
Additional Information: ELIANE APARECIDA GOMES, CNPMS; Carla Cristinta Avelar de Oliveira, Bolsista; UBIRACI GOMES DE PAULA LANA, CNPMS; CHRISTIANE ABREU OLIVEIRA PAIVA, CNPMS; LAURO JOSE MOREIRA GUIMARAES, CNPMS.
Title: Microrganismos endofíticos associados a raízes de plantas de milho (Zea mays L.) cultivadas em solo de cerrado com baixa e alta disponibilidade de fósforo
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2016.
Pages: 28 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 153).
Language: pt_BR
Description: O fósforo (P) é o segundo nutriente mais limitante na agricultura, o que leva à necessidade de aplicação de altas doses de fertilizantes, que torna a correção da fertilidade do solo um processo de elevados custos econômicos e ambientais para a produção agrícola. As plantas absorvem P principalmente na forma de íon-ortofosfato necessitando de contato direto das raízes com este elemento na solução do solo. Em ambientes de baixa disponibilidade, principalmente, os microrganismos são fundamentais à nutrição das plantas auxiliando na solubilização e aquisição de nutriente. O objetivo desse trabalho foi caracterizar as comunidades de microrganismos endofíticos associados a raízes de genótipos de milho contrastantes na eficiência de aquisição de P, cultivados em solos com alta e baixa disponibilidade desse nutriente. Amostras de raízes das linhagens de milho L3 (eficiente na aquisição de P) e L22 (ineficiente na aquisição de P) e do híbrido L3xL22 foram lavadas em uma solução de pirofosfato de sódio 0,1% (m/v) por 60 min para eliminar o solo rizosférico. O DNA foi extraído das raízes, amplificado com primers específicos para fungos e bactérias e analisado por PCR-DGGE e sequenciado para identificação das comunidades microbianas. A análise dos géis de DGGE mostrou uma elevada diversidade microbiana, tanto no grupo de bactérias quanto de fungos endofíticos nos genótipos avaliados. De uma maneira geral, o nível de P no solo e os genótipos foram os fatores predominantes no agrupamento das bactérias e dos fungos. O sequenciamento de bandas das amostras dos géis indicou 50% dos microrganismos como bactérias não cultiváveis, enquanto o sequenciamento das amostras com primers específicos para fungos revelou a maior incidência de representantes dos filos Ascomycota e Glomeromycota (fungos micorrízicos arbusculares), principalmente dos gêneros Dothideomycete e Scutellospora, respectivamente, e também de fungos não cultiváveis. Os resultados demonstram influência do nível de P e do genótipo da planta hospedeira sobre a diversidade de comunidades microbianas que colonizam raízes de milho.
Thesagro: Microbiologia do solo
Nutriente
População microbiana
Data Documento: 2017-02-11
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol153.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace