Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1054254
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2016
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: OLIVEIRA, N. T. de
SOUSA, S. M. de
Additional Information: Natanael Tavares de Oliveira, Bolsista; SYLVIA MORAIS DE SOUSA TINOCO, CNPMS.
Title: Avaliação de plântulas de milho sob efeito de bioestimulantes em solução nutritiva.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2016.
Pages: 55 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 138).
Language: pt_BR
Description: Os bioestimulantes são amplamente utilizados na agricultura moderna e são compostos por substâncias e/ou microrganismos que podem aumentar o desenvolvimento vegetal. Eles podem ser aplicados diretamente nas plantas ou na rizosfera, a fim de estimular os processos naturais que melhoram a absorção e utilização de nutrientes, a tolerância a estresses abióticos e a produção. Apesar da crescente utilização dos bioestimulantes na agricultura, há pouca informação sobre o seu mecanismo de ação. Há vários produtos no mercado e muitos são extraídos de substâncias húmicas (SH), que afetam a fisiologia das plantas, principalmente o desenvolvimento radicular. Estudos com aminoácidos individuais sugerem que estes podem regular a sinalização da aquisição de nutrientes. O objetivo desse trabalho foi estabelecer um protocolo de avaliação do sistema radicular de plântulas de milho sob efeito de bioestimulantes à base de SH e aminoácidos. Inicialmente foram avaliados aspectos da morfologia radicular e peso seco de dois genótipos de milho crescidos em solução nutritiva com os bioestimulantes A (à base de SH), B e C (à base de aminoácidos), em um sistema de pasta de papel. Esse ensaio indicou que o genótipo 1 (L521236/CMSM036) foi o mais responsivo aos tratamentos e que o sistema de pasta não era adequado para avaliação dos bioestimulantes. Nos experimentos posteriores foi utilizado o sistema de floating com diversas concentrações dos bioestimulantes e tempos de tratamento. Além disso, foram avaliadas as plântulas de milho sob um período de aclimatação. Após diferentes testes, ficou determinado que a metodologia mais adequada para avaliação dos bioestimulantes foi realizar a aclimatação das plantas durante sete dias em solução de Hoagland meia força (pH 5,65) pelo sistema floating, com adição de 54,4, 5 e 5 ?L L-1 de bioestimulantes A, B e C, respectivamente, deixando as plântulas no sistema por mais sete dias. Nessa condição, foi possível detectar aumentos na área de superfície total da raiz, na área de superfície de raízes com diâmetro entre 1-2 mm e 2-4,5 mm e no peso seco total. Esse método permitirá o desenvolvimento de experimentos moleculares e fisiológicos que levarão a uma melhor compreensão da ação dos bioestimulantes.
Thesagro: Raiz
Solução nutritiva
Estimulante de crescimento vegetal
NAL Thesaurus: Roots
Nutrient solutions
Plant growth
Data Documento: 2016-10-07
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol138.pdf7,26 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace