Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1037748
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2015
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: COSTA, R. V. da
SILVA, D. D. da
COTA, L. V.
UMMUS, M. E.
Additional Information: RODRIGO VERAS DA COSTA, CNPMS; DAGMA DIONISIA DA SILVA, CNPMS; LUCIANO VIANA COTA, CNPMS; MARTA EICHEMBERGER UMMUS, CNPASA.
Title: Levantamento de fungos causadores de podridões de colmo em milho na região Centro Oeste do Brasil.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2015.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 133).
Language: pt_BR
Description: As podridões de colmo estão entre as mais importantes doenças da cultura do milho. Vários são os patógenos causadores de podridões de colmo em plantas de milho, incluindo fungos e bactérias. Entre os principais, destacam-se Fusarium verticillioides, Fusarium graminearum, Colletotrichum graminicola, Stenocarpella macrospora, Stenocarpella maydis e Macrophomina phaseolina. O presente trabalho teve como objetivo realizar um levantamento da incidência de fungos causadores de podridões de colmo em milho na região Centro-Oeste do Brasil. Foram realizadas coletas de amostras nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Durante as coletas das amostras foi possível verificar uma elevada incidência de plantas apresentando sintomas de podridão de colmo em, praticamente, todas as regiões. Dentre os patógenos detectados, as maiores frequências foram verificadas para Fusarium spp. Nigrospora spp. e Stenocarpella spp., com freqüência de 45,7, 38,3 e 29,9%, respectivamente. Coletotrichum graminicola e Rhizoctonia spp. apresentaram frequência de 5,8 e 3,4%. Os demais fungos apresentaram menos de 3% de ocorrência nos isolamentos. Esses resultados demonstram a grande variabilidade de fungos envolvidos com as podridões de colmo na cultura do milho no Centro-Oeste do Brasil. Revelam, também, a elevada ocorrência de fungos do gênero Fusarium spp. e Stenocarpella spp., os quais predominaram nas amostras analisadas no presente trabalho. Os trabalhos de monitoramento da ocorrência de fungos causadores de podridões de colmo são fundamentais para o desenvolvimento e a adoção das melhores estratégias de controle desta doença na cultura do milho.
Thesagro: Doença de planta
Zea mays
Fungo
Data Documento: 2016-02-19
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bol133.pdf2,65 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace