Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1024827
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Documentos (INFOTECA-E)
Issue Date: 2015
Type of Material: Documentos (INFOTECA-E)
Authors: SILVA, U. C.
MARRIEL, I. E.
PAIVA, C. A. de O.
GOMES, E. A.
RESENDE, A. V. de
LANA, U. G. de P.
Additional Information: UBIANA CÁSSIA SILVA, BOLSISTA; IVANILDO EVODIO MARRIEL, CNPMS; CHRISTIANE ABREU OLIVEIRA PAIVA, CNPMS; ELIANE APARECIDA GOMES, CNPMS; ALVARO VILELA DE RESENDE, CNPMS; UBIRACI GOMES DE PAULA LANA, CNPMS.
Title: Biossolubilização de potássio in vitro a partir da rocha fonolito por microrganismos do solo.
Publisher: Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2015.
Pages: 28 p.
Series/Report no.: (Embrapa Milho e Sorgo. Documentos, 177).
Language: pt_BR
Description: O potássio (K) é um dos nutrientes mais necessários para o desenvolvimento vegetal, contudo grande parte dos solos brasileiros apresentam baixo teor de K disponível para as plantas. Aliado a isso, a busca pelo aumento da produtividade agrícola tem estimulado o uso dos adubos potássicos. Entretanto, a produção nacional desses fertilizantes atende apenas em torno de 10% de sua demanda. Dessa forma, verifica-se a necessidade de pesquisas visando o uso de fontes alternativas brasileiras para a adubação de K que possam contribuir para a redução dos custos da produção agrícola. Neste trabalho, procurou-se avaliar, in vitro, o potencial de estirpes de microrganismos pertencentes à coleção de Microrganismos Multifuncionais da Embrapa Milho e Sorgo quanto à biossolubilização de K a partir de rocha silicática (fonolito). Foram testados 13 isolados, sendo três bactérias e dez fungos quanto à eficiência de solubilizar o K em meio de cultura líquido contendo o pó da rocha fonolito como fonte de K. Após 10 dias de agitação sob 28 °C, os teores de K, bem como do pH, foram determinados nos sobrenadantes das culturas. Além disso, identificaram-se os isolados mais eficientes na solubilização de K. Os resultados mostraram que a biodisponibilidade de K após 10 dias de crescimento dos microrganismos variou significativamente em função dos isolados. A bactéria estirpe B30, identificada como Burkhoderia sp., foi a mais eficiente na solubilização de K, com incremento de 70% de solubilização em relação ao controle não inoculado. Além disso, observou-se decréscimo nos valores do pH no meio de cultura, principalmente nos tratamentos com as estirpes mais eficientes. Estes resultados sugerem que os microrganismos mais eficientes podem ser avaliados futuramente no sistema solo-planta para otimizar a biodisponibilidade de K a partir da rocha fonolito.
Thesagro: Fertilizante
Processamento
Fungo
Bactéria
Year: 2015-09-23
Appears in Collections:Série Documentos (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
doc177.pdf807,36 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace