Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1024620
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Tabuleiros Costeiros - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2015
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: BARROS, I. de
PACHECO, E. P.
MARTINS, C. R.
CARVALHO, H. W. L. de
Additional Information: INACIO DE BARROS, CPATC; EDSON PATTO PACHECO, CPATC; CARLOS ROBERTO MARTINS, CPATC; HELIO WILSON LEMOS DE CARVALHO, CPATC.
Title: Efeito do preparo do solo na viabilidade econômica, demanda de energia fóssil e emissão de GEEs na produção de milho no agreste sergipano.
Publisher: Aracaju, SE: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2015.
Series/Report no.: (Embrapa Tabuleiros Costeiros. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 92).
Language: pt_BR
Keywords: Eficiência energética
Gases de efeito estufa.
Description: A produção de milho tem apresentado um crescimento exponencial no Agreste Sergipano nos últimos anos. Esse crescimento tem sido acompanhado por uma mudança no perfil tecnológico e pelo uso intensivo de sementes OGM, insumos químicos e maquinário. Todavia, a adoção de práticas conservacionistas do solo ainda é incipiente e sinais de degradação do solo já podem ser observados. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a viabilidade econômica e o desempenho ambiental da produção de milho em três sistemas de preparo do solo: plantio convencional, cultivo mínimo e plantio direto. Para tal, um experimento foi conduzido no período 2011-2013. Os dados foram registrados e os desempenhos tanto econômicos quanto ambientais foram calculados a partir de coeficientes técnicos e fatores de emissão previamente publicados. Os resultados indicam que o plantio direto é uma opção economicamente viável, além de apresentar uma menor demanda em energia fóssil e emitir menos gases de efeitoestufa que os outros sistemas testados. Esses resultados permitem concluir que o plantio direto tem um desempenho tanto econômico quanto ambiental melhor do que o plantio convencional e o cultivo mínimo na produção de milho no Agreste sergipano.
Thesagro: Aspecto fisiológico
Cereal
Agreste
Milho
Plantio Direto.
Data Created: 2015-09-22
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BP92.pdf1,15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace