Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1013035
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrossilvipastoril - Documentos (INFOTECA-E)
Date Issued: 2014
Type of Material: Documentos (INFOTECA-E)
Authors: PEDREIRA, B. C. e
PITTA, R. M.
ANDRADE, C. M. S. de
DIAS FILHO, M. B.
Additional Information: BRUNO CARNEIRO E PEDREIRA, CPAMT; RAFAEL MAJOR PITTA, CPAMT; CARLOS MAURICIO SOARES DE ANDRADE, CPAF-AC; MOACYR BERNARDINO DIAS FILHO, CPATU.
Title: Degradação de pastagens de Braquiarão (Brachiaria brizantha cv. Marandu) no Estado de Mato Grosso
Publisher: Sinop, MT : Embrapa Agrossilvipastoril, 2014.
Pages: 24
Series/Report no.: (Embrapa Agrossilvipastoril. Documentos, 2)
Language: pt_BR
Description: A pecuária é uma das atividades mais importantes do Brasil, onde apresenta condições singulares no que diz respeito à alimentação, que tem por base as pastagens. Comparando os custos de produção da alimentação de rebanhos em pastagens com os dos sistemas que adotam confinamento e incluem grãos na dieta, a pastagem revela-se uma fonte mais econômica. Nesse caso, a planta forrageira desempenha uma função de extrema importância, que impacta tanto no aspecto econômico, quanto na sustentabilidade do sistema. No entanto, o sistema produtivo vem se mostrando leniente com relação a melhorias na produção de forragem e sua utilização. Entre as espécies de Brachiaria,uma das mais utilizadas é o capim Marandu (Brachiaria brizantha), que ocupa grande parte das áreas de pastagens estabelecidas do estado do Mato Grosso. Apesar dos números promissores no Estado, as áreas de pastagens têm apresentado problemas. Antes de fazer um bom manejo da pastagem e do pastejo, os pecuaristas têm trabalhado para aumentar a área de pastagens (suprimento) para fornecer alimento a um mesmo rebanho (demanda). Em alguns casos, utilizam adubação antes de conseguir colher eficientemente o que produzem, o que gera grandes perdas de forragem e, o que é pior, leva à degradação dos pastos em razão da sua má utilização. Além disso, os pecuaristas têm se queixado de morte das pastagens causada por diversos fatores, entre eles: ação de cigarrinhas, seca e, por fim, síndrome da morte do capim Marandu. A síndrome está associada à baixa permeabilidade de solos, principalmente durante o verão, quando as chuvas se intensificam. No Mato Grosso, essa característica é bem comum tendo em vista a alta pluviosidade no Estado, incluindo regiões com precipitação acima de 2.000 mm/ano. Em solos de melhor drenagem, a síndrome tem sido relatada em locais planos que apresentam alguma depressão no terreno, o qual permite o alagamento temporário e a consequente degradação das pastagens. Este documento se propõe a discutir as razões que regem alguns desses processos e a destacar possíveis soluções tecnológicas visando à melhoria da pecuária em Mato Grosso, a qual se destaca como uma das mais promissoras do País.
Thesagro: Forragicultura
Planta Forrageira
Praga
Data Documento: 2015-04-08
ISSN: 2359-6600
Appears in Collections:Série Documentos (CPAMT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cpamt2014pedreiradegradacaopastagembraquiaraomatogrosso.pdf654,06 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace