Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/888287
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Tabuleiros Costeiros - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 11-Mai-2011
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: WARWICK, D. R. N.
CARVALHO, H. W. L. de
ALBUQUERQUE, M. M. de
FARIA, L. C. de
DEL PELOSO, M. J.
MELO, L. C.
COSTA, J. G. da
AMORIM, J. R. A. de.
Informaçães Adicionais: DULCE REGINA NUNES WARWICK, CPATC; HELIO WILSON LEMOS DE CARVALHO, CPATC; MARCONDES MAURICIO DE ALBUQUERQUE; LUIZ CLAUDIO DE FARIA; MARIA JOSE DEL PELOSO, CNPAF; LEONARDO CUNHA MELO, CNPAF; JOAO GOMES DA COSTA, CPATC; JULIO ROBERTO ARAUJO DE AMORIM, CPATC.
Título: Comportamento, adaptabilidade e estabilidade de cultivares de feijoeiro comum no Nordeste brasileiro.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2005.
Páginas: 23 p.
Série: (Embrapa Tabuleiros Costeiros. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 10).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Feijão
Cultivar
Genética de planta
Conteúdo: Avaliaram-se diversas variedades e linhagens avançadas de feijoeiro comum, distribuídas em três redes experimentais, no decorrer dos anos agrícolas de 2003 e 2004, no Nordeste brasileiro, em blocos ao acaso com três repetições, visando conhecer o comportamento produtivo, a adaptabilidade e a estabilidade de produção, para fins de recomendação. Os parâmetros de adaptabilidade e estabilidade foram estimados conforme Eberhart e Russell (1966). Na maioria das avaliações nos sistemas em monocultivo e consorciado com o milho, as cultivares comportaram-se diferentemente nos sistemas praticados, evidenciando que a seleção de variedades para o consórcio não pode ser baseada no monocultivo. As cultivares diferiram quanto a adaptabilidade em todos os conjuntos estudados e mostraram boa estabilidade nos ambientes considerados. As variedades BRS Supremo, BRS Pontal, BRS Valente e Pérola e a linhagem CNFR 10241 justificaram suas recomendações para os ambientes favoráveis. As variedades Rudá, BRS Marfim, e Roxo evidenciaram adaptabilidade ampla, consubstanciando-se em alternativas importantes para a agricultura regional.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bp10.pdf228,55 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace