Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/888284
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Tabuleiros Costeiros - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 11-Mai-2011
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: WARWICK, D. R. N.
CARVALHO, H. W. L. de
ALBUQUERQUE, M. M. de
FARIA, L. C. de
DEL PELOSO, M. J.
MELO, L. C.
COSTA, J. G. da
AMORIM, J. R. A. de.
Informaçães Adicionais: DULCE REGINA NUNES WARWICK, CPATC; HELIO WILSON LEMOS DE CARVALHO, CPATC; MARCONDES MAURICIO DE ALBUQUERQUE; LUIZ CLAUDIO DE FARIA; MARIA JOSE DEL PELOSO, CNPAF; LEONARDO CUNHA MELO, CNPAF; JOAO GOMES DA COSTA, CPATC; JULIO ROBERTO ARAUJO DE AMORIM, CPATC.
Título: Comportamento, adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijoeiro comum no Nordeste brasileiro.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2005.
Páginas: 24 p.
Série: (Embrapa Tabuleiros Costeiros. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 11).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Feijão
Genótipo
Genética de planta
Conteúdo: Diversas linhagens avançadas e variedades comerciais dos grupos comerciais carioca, mulatinho e preto de feijoeiro comum foram valiadas em diversas localidades dos estados da Bahia, Sergipe e Alagoas, no decorrer dos anos agrícolas de 2003 e 2004, em blocos ao acaso, com três repetições, visando conhecer o comportamento, a adaptabilidade e a estabilidade desses materiais para fins de exploração comercial. No município de Simão Dias,SE, os ensaios foram realizados nos sistemas em monocultivo e consorciado com o milho. Essa região mostrou-se mais propícia ao desenvolvimento do cultivo do feijoeiro comum, mostrando as maiores produtividades de grãos. O comportamento dos genótipos de feijoeiro nos sistemas em monocultivo e consorciado com o milho foi inconsistente, na maioria dos ensaios, revelando que a seleção de genótipos para o sistema consorciado não pode ser realizado no monocultivo. Os genótipos avaliados, dos diferentes grupos omerciais, mostraram-se diferentes quanto à adaptabilidade e à estabilidade de produção. As linhagens CNFM 7958 e CNFM 10375, do grupo mulatinho, evidenciaram melhor adaptação, além de expressarem adaptabilidade ampla, consolidando-se em alternativas importantes para a agricultura regional.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bp11.pdf5,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace