Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/711831
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Mandioca e Fruticultura - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Data do documento: 26-Abr-2010
Tipo do Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Autoria: OLIVEIRA, A. M. G.
REINHARDT, D. H.
CABRAL, J. R. S.
SOUZA, L. F. da S.
Informaçães Adicionais: ARLENE MARIA GOMES OLIVEIRA, CNPMF; DOMINGO HAROLDO RUDOLFO C REINHARDT, CNPMF; JOSE RENATO SANTOS CABRAL, CNPMF; Luiz Francisco da Silva Souza, CNPMF.
Título: Épocas de plantio do abacaxizeiro para o Extremo Sul da Bahia.
Fonte/Imprenta: Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2009.
Série: (Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical. Comunicado técnico, 134).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Abacaxi
Ananas comosus
Conteúdo: Uma das principais limitações para a abacaxicultura na região Extremo Sul da Bahia é a ocorrência de floração natural nos meses de junho e julho, que resulta na contratação da colheita, em dezembro, época de grande oferta e, consequentemente, de preços baixos. Combinações de época de plantio e de tamanho de mudas são usadas para tentar evitar a concentração da safra e conseguir deslocar a produção para épocas de preços mais altos. Resultados de pesquisa indicaram que o plantio de março a maio, com adubação baseada na análise de solo e conduzido sob condiçõe de sequeiro, possibilitou a indução artificial do florescimento das plantas a partir dos dez meses de idade, o que permite programar as colheitas no período de junho a outubro do ano subsequente ao plantio. O plantio no mês de janeiro possibilitou a colheita de grande parte da produção no período da entressafra, pois resultou na incidência de florações naturais a partir de julho do mesmo ano e colheita dos frutos durante o primeiro semestre do ano seguinte. A indução do florescimento do abacaxizeiro plantado em janeiro deve ser realizada nos meses de setembro ou outubro em plantas sem diferenciação floral natural. Esse procedimento permite a colheita dos frutos no período de preços mais favoráveis (até março) e a floração das plantas em período pouco favorável à incidêcia da fusariose nos frutos (novembro/dezembro), em decorrência da menor umidade relativa do ar e temperatura mais alta.
Ano de Publicação: 2009
ISSN: 1809-502X
Aparece nas coleções:Comunicado Técnico (CNPMF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
comunicado134.pdf153,98 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace