Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/703145
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Rondônia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 23-Abr-2010
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: BARBIERI, F. da S.
ROCHA, R. B.
BRITO, L. G.
SILVA NETTO, F. G. da
FIGUEIRÓ, M. R.
Informaçães Adicionais: Fábio da Silva Barbieri, Embrapa Rondônia; Rodrigo Barros Rocha, Embrapa Rondônia; Luciana Gatto Brito, Embrapa Rondônia; Francelino Goulart da Silva Netto, Embrapa Rondônia; Marivaldo Rodrigues Figueiró, Embrapa Rondônia.
Título: Diagnóstico da infecção por Toxocara vitulorum em búfalos jovens através de técnica de flutuação simples.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2009.
Série: (Embrapa Rondônia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 63).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bubalinocultura
Sanidade animal
Diagnóstico de helmintos
Flutuação simples
Parasita
Toxocara vitulorum
Conteúdo: A técnica de flutuação simples de ovos de helmintos para o diagnóstico de Toxocara vitulorum em amostras de fezes foi adaptada para ser utilizada em búfalos jovens devido a baixa quantidade de fezes coletada nestes animais. A validação da metodologia foi feita com a técnica de contagem de ovos por grama - OPG de Gordon & Whitlock modificada. Amostras fecais foram coletadas diretamente da ampola retal em bezerros bubalinos com idade entre 15 e 60 dias criados no Campo Experimental da Embrapa Rondônia, no município de Presidente Médici, RO. As amostras foram analisadas no Laboratório de Sanidade Animal da Embrapa Rondônia, onde foram processadas pela técnica de Gordon & Whitlock modificada e pela técnica de flutuação simples adaptada para a utilização de cerca de 0.05g de fezes. As validações dos resultados entre as duas técnicas mostraram uma similaridade de 90%, onde o erro do tipo falso positivo foi de 2% e falso negativo de 8%. Essa taxa de erro ocorrida na flutuação simples adaptada foi proveniente de amostras com quantidades baixas de ovos, resultando também a ocorrência de erros de detecção do método de Gordon & Whitlock. Os resultados entre as duas técnicas mostraram que é possível realizar o diagnóstico qualitativo da infecção por T. vitulorum e outras helmintoses através da técnica de flutuação simples utilizando-se pequenas quantidades de fezes.
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAF-RO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
63bufalos.pdf304 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace