Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/559112
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Cerrados - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 7-Jun-2004
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: SANO, E. E.
BEZERRA, H. da S.
BARCELLOS, A. de O.
ROSA, R.
Título: Metodologias para mapeamento de pastagens degradadas no cerrado.
Edição: 2002
Fonte/Imprenta: Planaltina, DF: Embrapa Cerrados, 2002.
Páginas: 22 p.
Série: (Embrapa Cerrados. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 70).
Idioma: pt_BR
Notas: CRI6548
Palavras-chave: Degradação
Feed grasses.
Conteúdo: RESUMO: Desde o início da década de 1970, o Bioma Cerrado vem sendo intensamente ocupado para a produção de carne bovina. Segundo dados do Censo Agropecuário do IBGE de 1995/1996, nesse ecossistema, existem 49,5 milhões de hectares de pastagens cultivadas concentradas nos Estados de Goiás (14.150.900 hectares), Mato Grosso do Sul (11.970.463 hectares) e Mato Grosso (8.884.790 hectares). A maioria das pastagens cultivadas do Cerrado vem apresentando níveis alarmantes de degradação, requerendo a implementação de um programa racional e economicamente viável de recuperação. Visando a fornecer subsídios para um programa dessa natureza,nesse estudo, avaliou-se a possibilidade de identificar os principais tipos de pastagens cultivadas do Cerrado e os seus diferentes níveis de degradação. Dados radiométricos de campo obtidos em áreas ocupadas com Brachiaria decubens, Brachiaria brizantha cv. Marandu, Andropogon gayvanus cv.Planaltina e Panicum maximum cv. Tanzania (áreas-testes no Distrito Federal e Munícipio de Uberlândia (MG) mostraram que é possível identificar as espécies mais importantes de pastagens cultivadas no Cerrado e alguns dos seus níveis de degradação. Porém, o tipo de manejo adotado pelos pecuaristas pode dificultar a discriminação dos diferentees níveis de degradação. ABSTRACT: Since the seventies, the Cerrado biome has been intensely occupied for meat production. According to the IBGE's Agricultural Census of 1995/96, there are 49.5 million hectares of cultivated pastures in this ecosystem. A large portion of these pastures are concentrated in States of Goiás (14, 150, 900 hectares), Mato Grosso do Sul (11, 970, 463 hectares) and Mato Grosso (8, 884, 790 hectares). Nowadays, most of the Cerrado's cultivated pastures present significant degradation levels, requiring the implementation of a coast effective reclamation program. In order to provide inputs for such a program, this study evaluated the possibility of identifying the major species of cultivated pastures in the Cerrado and their different degradation levels. Field radiometric data obtained in areas covered by Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu, andropogon gavanus cv. Planaltina and Panicium maximum cv. Tanzania (test sites located in Federal District and municipality of Uberlândia, MG) showed that it is possible to identify the major types of the Cerrado cultivated pastures, including some of their degradation levels. However, the type of management used by farmers can decrease the spectral discrimination significantly.
Thesagro: Cerrado
Gramínea Forrageira
Pastagem
Pastagem Cultivada
Sensoriamento Remoto.
NAL Thesaurus: degradation
remote sensing
pastures
sown pastures.
Ano de Publicação: 2002
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bolpd70.pdf2,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace