Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/496712
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Séries anteriores (INFOTECA-E)
Data do documento: 28-Jan-2004
Tipo do Material: Séries anteriores (INFOTECA-E)
Autoria: VALENTIM, J. F.
AMARAL, E. F. do
MELO, A. W. F. de.
Informaçães Adicionais: JUDSON FERREIRA VALENTIM, CPAF-Acre; EUFRAN FERREIRA DO AMARAL, CPAF-Acre; Antonio Willian Flores de Melo, Embrapa Acre.
Título: Zoneamento de risco edáfico atual e potencial de morte de pastagens de Brachiaria brizantha no Acre.
Edição: 2000
Fonte/Imprenta: Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2000.
Páginas: 26 p.
Série: (Embrapa Acre. Boletim de Pesquisa, 29).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Brizantão
Palisade signalgrass
Acre
Amazônia Ocidental
Western Amazon
Amazonia Occidental
Conteúdo: Este trabalho teve como objetivo testar a hipótese de que a morte de pastagens de Brachiaria brizantha é causada pela falta de adaptação desta gramínea aos tipos de solos predominantes no Acre, os quais apresentam baixa permeabilidade. O estudo foi conduzido no Acre, que possui 153.149,9 km2, utilizando-se o mapa pedológico do Estado, na escala de 1:1.000.000, como tema básico de análise. O programa de geoprocessamento utilizado foi o Arc View 2.0, em que foram realizadas as interpretações de risco potencial de morte de pastagens de B. brizantha para a área total do Estado. O risco atual de morte de pastagens nas áreas desmatadas do sudeste do Acre também foi analisado, com base nas áreas de ação antrópica referentes ao ano de 1996, utilizando o programa Arc Info. Os resultados mostram que o Estado do Acre apresenta: a) 71,8% de área com solos de alto risco; b) 8,6% de área com solos de médio risco; e, c) 19,6% de área com solos de baixo risco, se plantados com esta gramínea forrageira. Analisando o risco atual de morte de pastagens nas áreas já desmatadas no sudeste do Acre, onde se concentra o maior percentual das pastagens estabelecidas, observa-se que: a) 27% são áreas de alto risco; b) 23% apresentam risco médio; e, c) 50% são áreas de baixo risco, se a espécie forrageira plantada for B. brizantha. Os resultados deste trabalho permitem concluir que existe a urgência de implementar políticas com o objetivo de solucionar o problema nas áreas já afetadas, bem como evitar a degradação desta espécie nas áreas de pastagens que ainda permanecem produtivas. Caso medidas eficazes, de curto e médio prazo, não sejam implementadas, nos próximos anos, haverá aumento nas pressões de desmatamento de novas áreas de florestas para o estabelecimento de pastagens e do uso de queimadas nas áreas degradadas no Acre.
Thesagro: Pastagem
Gramínea forrageira
Capim Brachiaria
Brachiaria brizantha
Aclimatação
Condição ambiental
Rendimento
NAL Thesaurus: Pastures
Forrage grasses
Urochloa brizantha
Acclimation
Environmental factors
Crop yield
Pastizales
Pastos forrajeros
Aclimatación
Factores ambientales
Rendimiento de los cultivos
Ano de Publicação: 2000
ISSN: 0101-5516
Aparece nas coleções:Séries Anteriores (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bp29.pdf271,13 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace